Jornal do Commercio
SERVIÇO

Viaje com segurança e não caia em tentações no feriadão da Páscoa

Excesso de velocidade e carro sem revisão mecânica são apenas alguns dos erros que os motoristas cometem

Publicado em 13/04/2017, às 14h13

Revisar a mecânica e o comportamento ao dirigir são importantes antes de pegar a estrada / Edmar Melo - Arquivo/JC Imagem
Revisar a mecânica e o comportamento ao dirigir são importantes antes de pegar a estrada
Edmar Melo - Arquivo/JC Imagem
Edilson Vieira
Repórter de Veículos

Para quem vai aproveitar os próximos feriadões de abril e maio pegando a estrada é bom ficar atento. Antes de viajar, a palavra de ordem é revisar. Revisar o carro e também as atitudes como motorista. Checar as condições do veículo e não cometer imprudências ao volante contribuem para que a viagem seja feita apenas de boas lembranças. A temporada dos feriados prolongados começa amanhã, com Páscoa. Depois vem o feriado de Tiradentes (21) e do Dia do Trabalho (1° de maio). Evitar a ansiedade na estrada é a primeira dica. Por exemplo, a pressa para chegar ao destino pode ser um grande fator de acidentes. “É comum anotarmos excesso de velocidade e também um maior número de atropelamentos durante os feriados prolongados”, diz Cristiano Mendonça, inspetor da Policia Rodoviária Federal em Pernambuco.

O policial lembra que desde novembro do ano passado o valor de todas as multas previstas no Código Nacional de Trânsito tiveram reajuste e ficaram bem pesadas para o bolso do motorista infrator. Um exemplo é a multa por trafegar no acostamento, um tipo de falta comum nas estradas nesta época. “Muitos motoristas, para escapar de um engarrafamento na pista, passam a circular pelo acostamento da estrada. Isso é errado porque a via serve para situações de emergência como socorro mecânico ou resgate de acidentados”, explica Mendonça. Ele lembra que trafegar no acostamento agora rende uma multa bem salgada: R$ 1.467, 35. Outro erro comum é forçar a ultrapassagem, o que aumenta o risco de colisão frontal. Se escapar da batida e for pego em flagrante, o motorista infrator terá que arcar com a multa de R$ 2.934.



FERIADÃO

Para garantir uma viagem sem frustrações é bom não esquecer da revisão mecânica. Para um carro novo, com até dois anos de uso, o próprio motorista pode fazer uma inspeção visual checando alguns itens (veja nossa lista na ilustração ao lado). Mas se o carro já tiver três anos ou mais de uso, ou estiver acima dos 60 mil km, é bom passar em um mecânico de confiança para uma revisão mais apurada. Pneus, freios e funcionamento de todas as luzes estão entre os itens básicos.

É bom também ficar atento aos documentos necessários (pessoais e do veiculo). Por fim, planejar bem a ida e a volta da viagem prestando atenção a condições das estradas, melhor horário para viajar e pontos de abastecimento e descanso, se o percurso for mais longo. Enfim, viajar é bom. Voltar inteiro e com apenas boas lembranças, é melhor ainda. Veja quais são os sete pecados que você não pode cometer neste feriadão.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM