Jornal do Commercio
LANÇAMENTO

JAC T40 é a evolução do carro chinês

Com um belo visual e acabamento aprimorado o novo SUV da JAC deixou boa impressão

Publicado em 03/08/2017, às 08h23

Completo e com preço abaixo de R$ 60 mil ele quer atrair compradores que ainda não simpatizam com os carros chineses / Divulgação
Completo e com preço abaixo de R$ 60 mil ele quer atrair compradores que ainda não simpatizam com os carros chineses
Divulgação
Sílvio Menezes
Editor de Veículos

SÃO PAULO - A chinesa JAC Motors, que já teve Faustão como garoto-propaganda e andava meio desaparecida, reapareceu esta semana com uma bela novidade no mercado brasileiro. O T40 desembarca com a promessa de ser o SUV mais barato à venda no Brasil. O modelo custa R$ 58.990 nesta versão mais completa que testamos. Mas tem uma versão um pouco menos equipada por R$ 56.990. Ele impressionou não só pelo preço competitivo, mas por trazer um desenho bacana e vir recheado com equipamentos, como dispositivo que segura o carro na rampa e ajuda a evitar aquela batidinha no veiculo de trás e até uma câmera que filma tudo que passa na frente do carro.

JAC

O JAC T40 é realmente o que podemos chamar de um SUV compacto, menorzinho que um EcoSport. E por isso mesmo fica no porte do Sandero Stepway, HB20X e até Peugeot 2008 e Honda WR-V.  Só que a JAC tomou o cuidado de recheá-lo bem. O carro é bem completo, acabamento decente, inclusive, da central multimídia e luzes diurnas de LED. Tem ainda o teto numa cor diferente do resto da carroceria, seguindo uma tendência de outros SUVs modernos. Mas o que chama atenção de muitos é a câmera instalada no retrovisor que grava até seis horas imagens da frente do veículo e o acessório vem sendo bastante usado em outros países.




Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Espaçoso para os passageiros de trás. O preço é um ponto forte. Levando em conta que os valores de carros estão na altura, surge como uma opção interessante. A mala tem 450 litros.Andamos no T40 por mais de 200 quilômetros em trechos urbanos, rodovias e estradas de terra batida. O motor 1.5 flex de 127 cavalos de potência atende bem na cidade, mas na estrada sofreu nas ultrapassagens e parecia que não tinha muito mais fôlego para atingir altas velocidades. Mas nada que venha acabar com a primeira boa impressão causada pelo carro.

Vamos esperar para saber se ele é tão interessante como pareceu. É necessário um pouco mais de tempo. O desafio da marca é vencer a desconfiança do público ainda hoje em relação aos produtos chineses porque se o T40 fosse produzido por um fabricante japonês já seria um sucesso de vendas.

O editor viajou a convite da JAC Motors


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Francisco Rondon,04/08/2017

Péra ai meu irmão!? Dirige 200 Km e diz que o carro sofre nas ultrapassagens e parecia que não tinha muito mais fôlego para alcançar altas velocidades e finaliza dizendo que é melhor esperar para saber se ele é tão interessante como pareceu??? Ainda bem que tenho lido outros post's onde avaliaram muito bem o comportamento do carro na estrada e sem conversas desencontradas...



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM