Jornal do Commercio
PREÇOS

Concorrência faz baixar preços de carros

Para continuar na briga do mercado Fiat e Peugeot dão descontos em modelos específicos

Publicado em 12/10/2017, às 08h18

Preço do sedã Peugeot 408 caiu R$ 13.600 na versão topo de linha / Divulgação
Preço do sedã Peugeot 408 caiu R$ 13.600 na versão topo de linha
Divulgação
Editoria de Veículos

Em um mercado que está se recuperando aos poucos, as montadoras não querem perder nenhuma venda. Por isso, apesar de incomum, dois fabricantes anunciaram esta semana uma considerável redução no preço de alguns modelos. A Fiat quer reduzir o baque nas vendas do Mobi com a chegada do Renault Kwid e a Peugeot procura não ser esquecida no segmento dos sedãs e hatches médios. Assim, os descontos chegaram pra valer.

No caso da Fiat, a redução no preço do Mobi chega aos R$ 4.220 na versão básica do carrinho. O Mobi Easy, antes vendido por R$ 34.210, agora pode ser comprado por R$ 29.990. Exatamente, o mesmo valor do Kwid básico. A ideia é bater, ou pelo menos, fazer com que o Mobi se aproxime do seu principal concorrente em número de vendas. O Renault Kwid ficou em segundo lugar entre todos os carros mais vendidos no mês de setembro último, com 10.358 exemplares emplacados.

PREÇOS

Enquanto o Mobi registrou 3.602 unidades vendidas, ficando na distante 14ª posição. Ambos são carros “pelados”, ou seja, sem os itens básicos de conforto como direção assistida e ar-condicionado. Por isso mesmo, a Fiat diminuiu também o preço da versão Like,intermediária e que vem equipada. O Mobi Like agora passa a ser comercializado por R$ 36.990. Uma redução de R$ 3.200 em relação ao valor anterior, que era de R$ 40.190. O Mobi Like agora custa apenas R$ 1 mil mais caro que a versão intermediária do Kwid, a Zen.



A marca francesa está vivendo um novo momento no País e, depois de lançar o SUV 3008 e um novo câmbio automático para o hatch 208 e SUV 2008, a estratégia para atrair olhares para os demais carros da marca foi baixar os preços. Sem falar que o hatch 308 e o sedã 408 sofrem concorrência acirrada de modelos de outras marcas. E a Peugeot não pegou leve. No caso do sedã 408 o carro ficou até R$ 13.600 mais barato.

A versão Griffe, top de linha, que custava R$ 98.590, agora é oferecida por R$ 84.990. Já o hatch 308 ganhou a versão Business, de R$ 69.990. No caso, esta nova configuração não oferece o teto solar panorâmico, mas traz o motor 1.6 turbo e equipamentos como controles de tração e estabilidade e piloto automático. O hatch 308 na versão mais equipada, a Griffe, traz o mesmo preço do sedã 408 Griffe: R$ 84.990.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por EMANUEL,12/10/2017

FIAT MOBI está sendo vendido por R$ 29,900? Em que concessionária? Muito estranha essa notícia, pois tenho ido em várias lojas da FIAT e nunca vi um por esse preço.

Por andre,12/10/2017

essa noticia não parece muito correta, estou de olho em preço de carros e o q se vê é aumento, quanto a concorrência acho o pessoal se ligou em um modelo ou outro, isso não é bem verdade... não quero ser pessimista, e detesto gente assim, mais aqui no Brasil as coisas funcionam tudo diferente, é o tal de toma lá da k, e outra as empresas se juntam e fazem o controle de preço entre elas, ou seja é muita roubalheira, os empresários que entram aqui no Brasil percebem esse nosso jeitinho e se adaptam logo ao oportunismo, ou agente muda nossa cultura ou estaremos nessa de brincar de moderninho.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM