Jornal do Commercio
SEGURANÇA

Ford Ka é reprovado em teste de impacto lateral

Modelo popular foi testado nas versões hatch e sedã por instituto que avalias as condições de segurança dos carros vendidos na América Latina

Publicado em 25/10/2017, às 18h00

Relatório aponta deformação excessiva da coluna da porta / Divulgação/ Latin NCAP
Relatório aponta deformação excessiva da coluna da porta
Divulgação/ Latin NCAP
Editoria de Veículos

O Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe (Latin NCAP) apresentou hoje (25) resultados do teste de colisão realizado com o Ford Ka nas versões hatch e sedã. O modelo, fabricado no Brasil, desapontou em relação à segurança de motoristas e passageiros, sobretudo, no teste de impacto lateral. O carro ganhou zero estrela para a proteção de adultos e três para a de crianças. O Latin NCAP atribui cinco estrelas a pontuação máxima.

FORD

O Ford Ka é o terceiro carro mais vendido no Brasil. Segundo o instituto responsável pelo teste, em relação ao teste de impacto frontal, a proteção oferecida à cabeça do motorista foi adequada. Já a proteção do peito foi considerada “marginal”. Ainda segundo o relatório, a área dos joelhos do motorista e do acompanhante mostraram estruturas perigosas. A proteção da cabeça e do pescoço do acompanhante foi boa, enquanto a do peito, adequada.



As falhas maiores foram registradas em relação aos resultados do teste de impacto lateral. As leituras do dummy (bonecos usados nos testes e que simulam seres humanos ao receberem o impacto das batidas) mostraram proteção boa para a cabeça e a pélvis, proteção adequada para o abdome e proteção pobre para o peito, gerando um resultado de zero estrela. O Latin NCAP diz que o veículo não proporciona airbags laterais, não conta com reforços estruturais para o impacto lateral nas portas nem com elementos de absorção de energia para a pelve na porta ou nos painéis interiores dela.

 

O veículo apresentou uma alta penetração da barreira móvel, causando um alto deslocamento do pilar B, fato que questiona a capacidade do carro de oferecer melhor proteção lateral mesmo tendo airbags laterais. A porta traseira do lado do impacto foi aberta no teste de impacto lateral, expondo os passageiros a um perigo mais grave, segundo o relatório.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Julgamento de Lula Julgamento de Lula
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região confirmou, no histórico 24 de janeiro de 2018, a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ampliou a pena para 12 anos e 1 mês de reclusão
Copa do Nordeste 2018 Copa do Nordeste 2018
A 15ª edição da Copa do Nordeste tem um sabor especial. 2018 marca a volta das transmissões de futebol da TV Jornal. Ao lado da co-irmã de Caruaru e de nove afiliadas do SBT Nordeste, a emissora vai levar ao público todas as emoções do torneio
Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade
Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM