Jornal do Commercio
garanhuns

Unidade de saúde sem atendimento para crianças

População reclama de atendimento precário no Hospital Dom Moura

Publicado em 11/02/2016, às 17h40

Antonio Pedro Neto

Com descaso, desumanidade e desrespeito. É assim que os nossos filhos estão sendo tratados pelo governador Paulo Câmara e por seus auxiliares em Garanhuns. Durante todo o Carnaval, a Pediatria do Hospital Regional Dom Moura não teve médico para atender as crianças doentes. Estive, na terça-feira, com o meu filho, de 5 anos, apresentando um quadro de 39 graus de febre e dores por todo o corpo. O diagnóstico sugere dengue ou chicungunha, mas não encontramos médico. Sequer uma enfermeira foi olhar os pacientes. Os médicos da emergência adulta também se negam a atender as crianças. Nossos filhos estão condenados à morte!


Comentários

Por Lino Santos,08/07/2016

Pedimos ao nosso governador que por favor mande médicos para atender aos idosos que se encontram no Lar Batista, esse Lar funciona na Rua Azeredo Coutinho no Bairro da Várzea. CEP: 50741-110. Recife.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM