Jornal do Commercio
INFRAESTRUTURA

Ferrovia Transnordestina está inacabada após 10 anos de obras

Comentários

Por Jeová Barboza de Lira Cavalcanti,13/04/2017

A respeito da Transnordestina Logística S.A. (TLSA), eis uma nota nota publicada pela Associação Nacional de Transportes Ferroviários, há algum tempo: "A Transnordestina Logística S/A, antiga Companhia Ferroviária do Nordeste - CFN, obteve a concessão da Malha Nordeste - SR1 (Recife), SR11 (Fortaleza) e SR12 (São Luís) pertencentes à Rede Ferroviária Federal S.A. - no leilão realizado em 18/07/97. A outorga dessa concessão foi efetivada pelo Decreto Presidencial de 30/12/97, publicado no Diário Oficial da União de 31/12/97.e o traçado da malha que vai do Maranhão a Alagoas, estendendo até a cidade de Propriá em Sergipe, mede no todo 4.328 km de extensão. A empresa iniciou a operação dos serviços públicos de transporte ferroviário de cargas em 01/01/98 e tem hoje o propósito de se tornar líder em logística no Nordeste a partir de 2010. Para tanto, está modernizando sua gestão e investindo em melhorias operacionais e reforma de vagões e locomotivas, além de recuperar trechos de sua malha. Um grande projeto de expansão está em andamento, que levará à reestruturação completa do modelo de negócio atual, com novos ramais, eliminação de gargalos operacionais, remodelamento de trechos, ampliação da capacidade e aumento substancial da produtividade dos ativos. Neste projeto, merece destaque a criação de novos eixos de desenvolvimento através da ligação do cerrado do Nordeste aos portos de Suape (PE) e Pecém (CE), numa linha de bitola larga, partindo do interior de Piauí e passando por importantes pólos econômicos como Araripina. Estes ramais têm previsão de entrar em operação a partir de 2008 e as principais cargas transportadas serão grãos, fertilizantes e minérios. É sabido que em 2004 a Governo Lula acenou com um projeto para o Nordeste, em que previa a construção de 800 km de novas ferrovias e mais a remodelação de 1.200 km do modelo existente, visando à interligação pelos trilhos dos cinco importantes portos, isto geraria um custo de 4,5 bilhões de reais, mas ser apresentado à empresa esta "deu com o pé atrás", como se fala e alegou que seria melhor fazer tudo novo, no que segundo se diz o governo concordou e aí está a nova transnordestina totalmente paralisada: já foram gastos 6,3 bilhões e há uma previsão de que os custos chegarão aos 11 bilhões de reais. A obra está sob suspeita e o TCU proibiu repasse de novas verbas. Daí vem nosso questionamento, Senhores Deputados e Senhoras Deputadas, em especial os nordestinos:: por que é que a concessionária não concordou com o projeto inicial se ela própria já se manifestara sobre a remodelação de todo o trecho adquirido? Não assentiu como foi visto, mas também nada fez para melhorar os trechos antigos e o que ocorreu foi exatamente o contrário e, para melhor situá-lo envio a V. Ex.ªs uma pesquisa de fotos e vídeos, feita por vários amigos do trem em toda a Região Nordestina, registrando a situação de penúria em que se encontram as malhas ferroviárias do Nordeste que compreendem no caso da concessão, os lastros da via férrea desde o Maranhão até Alagoas, estendendo-se ainda à cidade de Propriá em Sergipe. São estações abandonadas ou em completa ruína, ou quando não invadidas e ocupadas por residências irregulares, os leitos das ferrovias em muitas áreas tomados por matagal, com trilhos arrancados ou objeto de lixões e, ainda, construções ocupando o espaço por onde se estendia o lastro da via férrea, vagões de passageiros e cargas, além de locomotivas corroídos pela ferrugem, transformados, por fim, num canteiro de ferro velho; oficinas desativadas, finalmente trata-se de um patrimônio transformado em sucata pela omissão de quem deveria conservá-lo e fazê-lo funcionar em benefício não apenas dos interesses de uma região, mas de toda a Nação. É um descaso total, causado pelos dirigentes da Transnordestina, empresa privada com sede no Ceará e pertencente ao Grupo Empresarial da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), cujo principal mandatário, como já dissemos, é o Dr. Benjamin Steinbruch, e, para tenha ideia do que na realidade existe, coisa que Dr. Jorge Leite, atual diretor presidente da TRANSNORDESTINA talvez já tenha conhecimento. O governo precisa adotar providências, cobrando ações da empresa nos dois sentidos - retomar a construção da nova TRANSNORDESTINA, que se encontra paralisada e, ao mesmo tempo cumprir o acordado no contrato de concessão firmado em 1997, com vistas a minorar o impacto que esse menosprezo tem causado às ferrovias do Nordeste, à sua história e sua gente, patrimônio este que foi ao longo do tempo o ícone do desenvolvimento nacional. O BRASIL PRECISA SABER O QUE FOI FEITO DESTE PATRIMÔNIO E TAMBÉM DA NOVA FERROVIA QUE ATUALMENTE É UMA NOVA IMAGEM DO DESCASO!!!

Por anonimo,11/04/2017

apenas mais dinheiro perdido, ou roubado ninguém sabe, só sabe que a ferrovia nunca sera feita, e um investimento absurdo alterado em valores altíssimos que nunca termina essa fraudulenta no Brasil, uma obra simples que pode ser feita em apenas 2 anos, ta la 10 anos depois sem esta concluído." dinheiro sempre tem, ninguém nunca sabe para onde vai".

Por Sônia Maria Silvestre,04/03/2017

FOI ASSIM Q O PT ENGANOU OS TOLOS, COM MENTIRA E FINGINDO Q FAZIA ALGUMA COISA, MAS SO FAZ INICIAR PARA TER DESCULPA ARA DESVIAR DINHEIRO, E PARA LAVAR DINHEIRO

Por CARLOS EDUARDO VIANA,17/02/2017

TEM QUE SER APURADO E CADEIA NOS LADRÕES QUE COM CERTEZA DEVEM TER ROUBADO MUITO. QUEM FINANCIO? O BNDES? TEM QUE SER LEVANTADO E TRAZIDO A PÚBLICO. OBRIGADO CARLOS EDUARDO VIANA

Por euvaldo soares de santana,28/12/2016

é uma vergonha eu estive em verdejante proximo de salgueiro acompanhei o inicio das obras da ferrovia estava tudo correndo bem de uma hora para outra acaba tudo os responsavel pela construção da ferrovia roubaram todo o dinheiro e não terminou cadeia neles inclusive no chefe da quadrilha o lula.

Por Paulo Roberto Calabrez,17/12/2016

Sou um homem de 68 anos que acreditei neste barbudo filho do demonio , cheguei a votar nele pelas proposta e pela conversa sincera que ele tinha com o povo,k eu nunca na minha vida esperava pelo que ele e sua cambada de vagabundos , bandidos , ladrões fizesse com o nosso Brasil que amo muito, voce Lula em nome de Jesus Cristo vai pagar tudo o que fez com as pessoas humildes que acreditaram em vc, voce vai ser o ultimo a ser preso e o demonio esta lhe esperando no inferno para beber o teu sangue, e o sangue da tua familia na qual te pertense jumto com todos os seus amigos e companheoiros ladrões. Voce não acredita em Deus, mas eu acredito e vai ter de pagar aqui na terra antes de descer para o inferno, espero ainda que o Nosso Exercito Brasileiro tome conta deste país muito breve, O Brasil tinha de ter pena de morte

Por Jeová Barboza de Lira Cavalcanti,05/11/2016

Como observamos o traçado do projeto da Transnordestina tem um seguimento a partir de Salgueiro para o porto de Suape, passando por Pesqueira e outras cidades. Gostaria de fazer uma sugestão na qualidade de leigo no assunto, isto porque não sou engenheiro civil n em arquiteto, mas nós já temos a ferrovia Tronco Centro que liga Recife a Salgueiro, cuja estação fica a 2 km do canteiro de obras. Pergunto: por que não se aproveita esse trecho que já temos, haveria uma economia imensa visto que não existiria despesas com indenizações por desapropriações - o leito já é uma concessão à Transnordestina, objetivo do processo de privatização do Governo FHC, muito embora em completo abandono. Faziam-se os ajustes necessários em terraplenagem e britamento para substituição dos dormentes para bitola larga (1,60m), reparos nos 14 túneis pontes e viadutos da Serra das Russas, atingir-se-ia Jaboatão dos Guararapes e daí construir-se-ia um ramal para conecção com a linha Sul com destino ao Cabo de Santo Agostinho alongando-se até SUAPE. Isso iria fazer com que o transporte de nossas riquezas fossem implementado por uma ferrovia de rara beleza e o transporte de passageiros poderia voltar a ser reativado aproveitando-se principalmente as épocas de alta das estações turísticas da Região (Carnaval, São João, Festival de Inverno). É um caso a ser pensado, analisado e posto em prática, pois é plenamente justificável. Um grade abraço. Jeová Barboza - Timbaúba (PE)

Por Canceriano,14/08/2016

Vejo na foto que tem um burro pastando lá no fundo. Que tal vocês que votaram no PT se juntarem a ele?

Por Canceriano,14/08/2016

Transnordestina inacabada, transposição também, promessas não realizadas e você reclamando. Está reclamando porque? Quem mandou votar em Lula?

Por flavio,05/07/2016

Senhor Editor, Parabens pela reportagem de como se rasga dinheiro público com facilidade. Esta, é mais uma obra de pura demagogia. Lançada em 2006, envolvendo os governadores de então, dos estados do Piauí, Ceará e Pernambuco, com o único propósito de cooptá-los. E, foram. Se isto causa indignação a muitos brasileiros, certamente, não causará ao oportunista do presidente da Transnordestina Logística Ciro Gomes que, no ano passado, em novembro, juntamente com o outro oportunista governador do Piaui, prometeu entregá-la em dezembro deste ano. Precisamos de mais denúncias como esta e, sem dúvida, enquadrar todos os dirigentes.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM