Jornal do Commercio
Compra

Luciano Huck comprou jatinho com empréstimo de R$ 17 milhões do BNDES

Comentários

Por Andre,17/02/2018

Mais um corrupto para ganhar o poder? ate quando a populaçao brasileira ira ficar dormindo esse luciano é um outro sangue suga usando dinheiro publico para bancar seus luxos mais uma marionete da globo, para ela se manter no poder. acordem povo brasileiro temos que buscar um candidato que se interressa mesmo em mudar o pais e nao o interesse de partidos politicos

Por ronaldo,16/02/2018

Se ele for eleito,certamente colocará o AMIGÃO,vulgo AÉCIO DO PÓ,para ser embaixador NA COLÔMBIA,com residência FIXA EM MEDELLIN,no mínimo,para o bem de todos os paneleiros e felicidade de LOBÃO........

Por JAlves,16/02/2018

Você mortal comum, pequenos empresários tentem tirar um empréstimo via BNDES pra ver a via sacra que irá passar. já os ricos nem precisam ir lá, quantos empregos poderiam ser criados com esse montante?

Por Nilzair Pereira,16/02/2018

Lamentável essa desistência de concorrer as eleições para presidente, contava com uma pessoa fora da politica.

Por Sandoval,16/02/2018

se ele deu as garantias necessitarias e esta pagando em dia....não tem porque....

Por Carlos,16/02/2018

Não fez nada de ilegal ele, Doria e tantos outros...É apenas um exemplo de como uma parte do Brasil funciona bem... a parte dos ricos. Rico reclama. E rico vota bem. Rico vota em quem defende seus interesses. Já a Saúde Pública está um lixo. Porquê? Só pobre usa. Porquê pobre não reclama. E porquê pobre vota mal. Pobre vota sempre nos mesmos caras que o mantém no lixo.

Por Paulo,16/02/2018

Se tem apoio da rede de Esgoto de televisão, não vale um Cocada!

Por Que mundo é esse?,15/02/2018

Qualquer empresário consegue um FINAME.. QUALQUER UM!!! A intenção do empréstimo não é beneficiar o tomador do crédito (muito diferente dos casos de JBS e cia), mas sim os produtores nacionais. Por favor, precisamos ter coerência.. Estranho seria alguém "jogar" dinheiro fora se pode tomar uma decisão inteligente como essa, aplicável a QUALQUER UM. Não precisamos de políticos burros..

Por LYRA,14/02/2018

Esse tal individuo que se apresenta pelo vulgo de JOSÉ MARCOS, deve ser ligado a alguma dessa facções criminosas existentes nesta zona chamada brasil, também conhecidas como partidos políticos ou sofre de uma forte DIARREIA CEREBRAL CRÔNICA, ou ainda esta MAMADO DO CARNAVAL, pois sabemos que não existe um só político honesto nesta grande quadrilha que a podre politica nacional, vamos pedir pela prisão do BANDIDO LULA mas, também temos que pedir pela prisão de CHEFE DE QUADRILHA e LADRÃO GERAL DA NAÇÃO, Michel Temer, Renan, Color, Rodrigo Maia, Jucá, Sarney, Aécio, Paulo Câmara, Geraldo Julio, Alckmin, Pezão, Bezerra Coelho, Mendonça Filho e etc. E, com certeza se o Luciano entrar para a quadrilha, é porque tem tendência a ser bandido, principalmente pelas mãos de um marginal como FCH.

Por Paulo,14/02/2018

Pode até ser legal esta transação, mas com certeza é imoral. Duvido que um comum tenha conseguido um empréstimo de ao menos 10% do valor que este cidadão conseguiu, mas que seriam p/ produzir.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM