Jornal do Commercio
PALEONTOLOGIA

Mamíferos gigantes da Era do Gelo são encontrados em Caruaru

Fósseis foram descobertos durante levantamento topográfico no povoado de Rafael

Publicado em 25/01/2015, às 07h30

Paleontólogo da UFPE identificou osso como parte do fêmur de uma preguiça gigante / Davi Figueiredo/Divulgação
Paleontólogo da UFPE identificou osso como parte do fêmur de uma preguiça gigante
Davi Figueiredo/Divulgação
Claudia Parente

Um trabalho de levantamento topográfico de um terreno em Caruaru, no Agreste pernambucano, resultou na descoberta de um tanque de fósseis no povoado de Rafael, a cerca de 6km do centro da cidade e a apenas 800 metros do perímetro urbano. À primeira vista, tratam-se de ossos de animais do pleistoceno, período pré-histórico ocorrido entre 1,8 milhão e 10 mil anos atrás, caracterizado pela presença de mamíferos gigantes, que formam a megafauna.

os fósseis coletados pelo topógrafo Davi Figueiredo estavam na superfície e chegaram a ser confundidos com pedras por outros trabalhadores. “As pessoas não fazem ideia de que esse material é um osso incrustado em rocha e tem valor”, comenta o topógrafo, que guardou três amostras para posterior análise por um paleontólogo. 



Ele denuncia que o material corre o risco de ser destruído, pois está sendo usado para tapar os buracos da estrada por onde os carros passam. “Acredito que as escolas deveriam ter algumas amostras de fósseis para ensinar os alunos a reconhecer esse tipo de material, que tem tanta importância científica”, comentou. Exceto as três peças que guardou consigo, Davi Figueiredo entregou o material ao proprietário da terra. “Se escavarem o local, vão encontrar muitos ossos lá”, avisa.

Segundo o palentólogo Edison Vicente, da Universidade Federal de Pernambuco, um dos ossos é um fragmento da extremidade distal de um fêmur de preguiça gigante, da espécie Eremotherium laurillardi. Esta preguiça, de hábitos terrestres, parente do atual bicho-preguiça, chegou a alcançar mais de cinco metros de comprimento. Os mamíferos gigantes foram imortalizados no filme A Era do Gelo porque, no fim do pleistoceno, houve um grande evento glacial.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM