Jornal do Commercio
PREOCUPAÇÃO

ONGs alertam para o aumento das catástrofes devido às mudanças climáticas

Alguns impactos das mudanças climáticas já são visíveis, como o deslocamento de populações, fome e conflitos

Publicado em 12/10/2018, às 21h43

A tempestade tropical Michael já deixou 13 mortos nos EUA nos últimos dias / Foto: MARK WALLHEISER / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
A tempestade tropical Michael já deixou 13 mortos nos EUA nos últimos dias
Foto: MARK WALLHEISER / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
AFP

O número de catástrofes relacionadas à mudança climática está aumentando rapidamente no mundo, alertaram as organizações ambientalistas nesta sexta-feira (12), ao pedir mais esforços para estarmos preparados para o aquecimento global.

Os impactos das mudanças climáticas já são visíveis: o deslocamento de populações, fome e conflitos, assinalaram as organizações, preocupadas com o agravamento da situação.

"Com a mudança climática, os perigos estão se multiplicando", afirmou Elhadj As Sy, secretário-geral da Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, em entrevista à AFP.

Falando à margem de uma conferência em Genebra sobre o impacto humanitário no aquecimento global, ele observou que os "impactos da mudança climática estão se tornando mais frequentes e mais violentos".

Relatório

Em um relatório publicado na segunda-feira (8), especialistas do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) pediram transformações "rápidas" e "sem precedentes" se quisermos ver o aquecimento global limitado a 1,5ºC.



Gernot Laganda, chefe dos especialistas em riscos de desastres relacionados ao clima no Programa Mundial de Alimentos (PMA), lembrou que os impactos da mudança climática já estão causando o deslocamento de cerca de 22,5 milhões de pessoas a cada ano.

Ele observou que a mudança climática teve um impacto significativo nos países em conflito, como Síria, Iêmen e República Democrática do Congo, criando um fenômeno de "panela de pressão".

Segundo ele, se o planeta aquecer a 2ºC, haverá mais 189 milhões de pessoas em risco alimentar. "E se for 4ºC, será mais de um bilhão", acrescentou.

Elhady As Sy apontou que as crises relacionadas ao clima aumentaram claramente nos últimos anos.

"Nos anos 70, estávamos enfrentando entre 80 e 100 impactos e perigos sérios relacionados ao clima por ano. No ano passado, foram cerca de 400, quatro vezes mais", afirmou ele.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM