Jornal do Commercio
Patrocinada JC 360

Cidadãos em busca de um mundo melhor

ABA acompanha estudantes em desafios ao longo da vida escolar

Publicado em 31/08/2019, às 08h29

Preocupação é formar cidadãos críticos, cientes de seu papel na sociedade e prontos  a mudar o mundo. / Divulgação
Preocupação é formar cidadãos críticos, cientes de seu papel na sociedade e prontos a mudar o mundo.
Divulgação
JC Online

Uma pessoa comprometida em fazer a diferença no mundo, para tornar o planeta mais igualitário e sustentável, precisa ter competências e habilidades para colaborar com soluções para problemas complexos, fundamentadas em ética. Esse é o perfil dos cidadãos globais de que o mundo precisa e cuja formação representa um desafio para as instituições educacionais.

Para que esse desafio se torne realidade, as escolas devem estar atentas às mudanças exigidas pela sociedade. “A educação para a cidadania global é essencial para formar pessoas críticas, em práticas e engajadas na construção de uma sociedade digna. Só assim poderemos criar um mundo sustentável sem pobreza, sem fome e onde todos têm acesso a bons serviços. Do ponto de vista pedagógico, temos que repensar o currículo, os planos de aula e as estratégias, com enfoque em competências globais”, acredita Eduardo Carvalho, diretor da ABA Global Education.

A ABA investe na formação global de seus alunos. No curso de inglês, integra ao currículo de desenvolvimento linguístico as habilidades do século 21 e deixou para trás há muito o perfil de mero curso de idiomas.

Além de se diferenciar no ensino do idioma, inaugurou em 2006 uma escola verdadeiramente bilíngue, a ABA Global School, recebendo alunos a partir de um ano e meio de idade. “A maioria das escolas no Brasil que se definem como bilíngues apenas oferecem aulas extras de inglês em um ecossistema nem sempre adequado a essa finalidade. A consequência é que o aluno não será fluente e nas quatro habilidades do idioma”, pontua Rozário Botelho, coordenadora da ABA Global School.



Nessa proposta bilíngue de verdade, há uma imersão completa nos quatro primeiros anos, com 20 horas por semana de atividades e comunicação exclusivamente em inglês. A partir dos 5 anos, começa a exposição ao português em sala de aula, aumentando gradativamente até o patamar de 50% do tempo para cada idioma, em todas as áreas do conhecimento, atingido no Ensino Fundamental I.

“Somos a única escola do país a fazer parte das redes Maple Bear Canadian School e IB World Schools, que oferecem recursos didáticos únicos e promovem o desenvolvimento contínuo da equipe, inclusive com professores da Universidade de Harvard”, comenta a diretora educacional Mônica Gonçalves.

Ela ressalta: “tudo isso para termos uma abordagem de ensino transdisciplinar e enriquecida com o desenvolvimento de projetos, colocando o aprendizado em sintonia com o mundo real. O aluno aprende a aprender e desenvolve as habilidades do século 21 e a consciência global, preparando-se para os desafios do futuro”.

E quando o aluno começa a pensar em como pode se tornar um agente transformador do mundo - efetivamente, virar um cidadão global -, o ABA Glob Educar está à disposição. “Nosso papel é orientar e preparar crianças, jovens e adultos para conquistar oportunidades de estudo e trabalho no mundo. Temos consultores especializados para orientar e preparar nossos alunos para vivenciar bem essa experiência”, resume Danyelle Marina, coordenadora do Glob Educar.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas



Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM