Jornal do Commercio
Notícia
Educação Agora

Procon orienta gratuitamente

Núcleo do Procon conta com assessor jurídico, psicólogo e educador financeiro

Publicado em 31/08/2019, às 09h37

Procon tem estratégias de renegociação, diz Cavalcanti. / Divulgação
Procon tem estratégias de renegociação, diz Cavalcanti.
Divulgação
JC Online

A vergonha em admitir seu nível de endividamento pode ser um fator complicador na resolução das dívidas de uma família. Apesar de ser um aspecto relevante, é preciso considerar que quanto mais demorar a ser iniciada uma negociação de um débito, mais alto se torna o montante final a ser pago. Assim, quem tem dificuldade em gerenciar uma crise no orçamento doméstico não precisa ficar encabulado: há serviços especializados e gratuitos que ajudam os inadimplentes a recuperar a saúde financeira.

Um dos serviços mais conhecidos no ramo é oferecido pelo Procon de Pernambuco. Fundado em 2016, o Núcleo de Atendimento ao Superendividado já atendeu mais de 1.500 pessoas, auxiliando na negociação com empresas.

“Aqui, nós oferecemos assessoria jurídica para a renegociação da dívida, psicólogo e educador financeiro”, explica o gerente de atendimento do Procon, Pedro Cavalcanti.

Na prática, qualquer pessoa que tenha uma dívida pode ser atendida pela equipe. Segundo Cavalcanti, os atendimentos têm mostrado o que pode ser considerado uma triste face da população.



“Nossa experiência nos mostra que o saudável é comprometer apenas 30% da renda com dívidas. Mas o que temos visto no cotidiano é que as pessoas destinam 50% ou até mais do que ganham apenas para pagar dívidas. São pessoas que recebem um salário mínimo e que acabam tendo de sobreviver com trezentos reais por mês”, pontua.

POSSIBILIDADES

Existem várias formas de negociar uma dívida. “Por exemplo, podemos aumentar o número de parcelas e diminuir o valor individual que é preciso pagar em cada mês. Desta forma, se uma pessoa fez uma compra e dividiu em 12 meses, mas não está conseguindo arcar com esse gasto, podemos redistribuir as parcelas para que o devedor pague ao longo de dois anos, mas sem comprometer tanto do seu salário”, exemplifica Cavalcanti.

“No caso de um financiamento, uma opção é fazer a transferência para um banco que tenha juros mais baixos. Então, você fechou o acordo com um banco que tem 6% de juros, mas nós podemos encontrar outro banco que tenha 3% de juros e fazer a mudança para este novo financiamento”, afirma.

O Núcleo de Atendimento ao Superendividado fica localizado na sede do Procon, na Rua Floriano Peixoto, nº 141, bairro de São José, no Centro do Recife, das 8h às 12h. O atendimento é gratuito.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM