Jornal do Commercio
Notícia
SELEÇÃO

MEC libera acesso às vagas do Sisu 2020; confira aqui

Neste semestre, o Sisu 2020 oferta 237 mil vagas em 128 instituições de ensino superior públicas

Publicado em 21/01/2020, às 00h00

Para participar do Sisu 2020, é preciso ter feito o Enem 2019 e ter tirado nota acima de zero na prova de redação / Foto: Leo Motta/JC Imagem
Para participar do Sisu 2020, é preciso ter feito o Enem 2019 e ter tirado nota acima de zero na prova de redação
Foto: Leo Motta/JC Imagem
JC Online e ABr

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abriu nesta terça-feira (21) o calendário dos processos seletivos federais que usam o Enem como critério de seleção. O prazo para se inscrever foi estendido por mais dois dias por causa das falhas ocorridas na correção de algumas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vai até o domingo (26). O candidato escolhe até duas opções de curso. É possível alterar suas opções durante as inscrições. O Ministério Público Federal havia pedido suspensão do processo por conta dos erros de correções nas provas.

Neste semestre, o Sisu 2020 oferta 237 mil vagas em 128 instituições de ensino superior públicas. O resultado da chamada regular sai no dia 28 de janeiro.

>> Inep diz que erros na correção de provas de 5.974 candidatos do Enem foram revistos

Saiba como se inscrever no Sisu 2020

Para participar do Sisu 2020, é preciso ter feito o Enem 2019 e ter tirado nota acima de zero na prova de redação. Na hora da inscrição no processo seletivo, é preciso informar o número de inscrição do Enem e a senha atual cadastrada na Página do Participante.

A nota do Enem está disponível desde sexta-feira (17) tanto no aplicativo, quanto na própria Página do Participante. É preciso informar o CPF e a senha cadastrada na hora da inscrição. Caso o candidato tenha esquecido a senha, pelo próprio sistema é possível recuperá-la.



É essa senha que deve ser usada na hora da inscrição no Sisu. O número de inscrição, que é solicitado também para participar da seleção, está disponível para cada estudante na Página do Participante. O candidato escolhe até duas opções de curso. É possível alterar suas opções durante as inscrições.

Falha no Enem 2019 atingiu 5.974 participantes

Em entrevista coletiva na noite desta segunda-feira (20), o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, informou que foram encontradas inconsistências nas notas de 5.974 participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, o que representa 0,15% do total de presentes (3,9 milhões). Os erros foram concentrados em quatro cidades: Alagoinhas, na Bahia, e Viçosa, Ituiutaba e Iturama, em Minas Gerais. As notas corrigidas já estão disponíveis na página dos participantes.

>> Após correções do Inep, saiba como conferir nota do Enem 2019

De acordo com o Inep, houve uma associação equivocada entre a cor do Caderno de Questões e o gabarito correspondente. Não houve alteração nas notas de redação do Enem 2019. O Inep teve conhecimento da inconsistência no mesmo dia em que divulgou os resultados. Já na noite de sexta-feira (17), foi instaurada uma força-tarefa com servidores e colaboradores do Inep, do consórcio aplicador e da gráfica. Aproximadamente 300 pessoas atuaram no sábado (18) e no domingo (19) para revisão da base de dados.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM