Jornal do Commercio
CONSCIENTIZAÇÃO

Campanha nos ônibus do Grande Recife sensibiliza para a prevenção de assédio sexual

Três mil cartazes serão colados nos veículos, além de serem distribuídos em escolas, empresas públicas e privadas

Publicado em 01/09/2016, às 13h30

Os ônibus são um dos locais de grande ocorrência desses abusos / Foto: Guga Matos/JC Imagem
Os ônibus são um dos locais de grande ocorrência desses abusos
Foto: Guga Matos/JC Imagem
JC Online

Sensibilizar a sociedade de forma preventiva sobre o assédio sexual é o objetivo do Grande Recife Consórcio de Transportes. Através de ação do Comitê de Combate ao Assêdio Sexual no Sistema de Transporte Público, 3 mil cartazes incentivarão as mulheres vítimas de importunação ofensiva ao pudor ou, até mesmo, estupro tentado e ou consumado a efetuarem denúncias.

Os ônibus são um dos locais de grande ocorrência desses abusos, por isso a capacitação de aproximadamente 12 mil motoristas, fiscais, cobradores e cobradoras também faz parte da ação.



Para que as denúncias possam ser efetivamente investigadas, a secretaria de Defesa Social (SDS), através da Chefia de Polícia, enviou documento para todas as delegacias obrigando a efetuação e a lavratura do Boletim de Ocorrência e todos os demais procedimentos necessários à conclusão do inquérito policial.

As denúncias podem ser feitas através da Ouvidoria das Mulheres/Cidadã Pernambucana, no número 0800 281 8187. Segundo a ouvidoria, é fundamental que a mulher saiba informar as características físicas e vestimenta do agressor, linha e número de ordem do ônibus (numeração geralmente com três dígitos), data e horário em que ocorreu o fato e as imediações em que o transporte passava no momento do assédio.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM