Jornal do Commercio
Segurança pública

Delegados decidem não fazer mais plantões adicionais e cerca de 90 delegacias podem fechar as portas no Estado

De acordo com a Adeppe, PJES estariam prejudicando as investigações policiais

Publicado em 01/09/2016, às 19h32

Francisco Rodrigues (centro) afirmou que o PJES nada mais é que um programa de pagamento de horas extras que não remunera corretamente os servidores / Foto: Adeppe/ Divulgação
Francisco Rodrigues (centro) afirmou que o PJES nada mais é que um programa de pagamento de horas extras que não remunera corretamente os servidores
Foto: Adeppe/ Divulgação
JC Online

A Associação de Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe) informou, nesta quinta-feira (1º), que cerca de 200 delegados do Estado não trabalharão mais no Programa de Jornada Extra da Segurança (PJES), uma espécie de plantão adicional. Como consequência, segundo a entidade, aproximadamente 90 delegacias do Estado serão fechadas, da Zona da Mata ao Sertão.

“O PJES nada mais é que um programa de pagamento de horas extras que não remunera corretamente os servidores”, cravou Francisco Rodrigues, presidente da Adeppe. Rodrigues disse ainda que o modo como o programa funciona prejudica as investigações policiais. “Estamos trabalhando basicamente em flagrantes, não estamos investigando. Assaltos a ônibus, a carros-forte, não estão sendo devidamente investigados”, completou.



Com a entrega dos PJES pelos delegados, 23 delegacias da Zona da Mata pernambucana devem fechar as portas (nas regiões de Goiana, Palmares e Vitória de Santo Antão), além de 14 no Agreste (na área de Garanhuns) e cerca de 50 em todo o Sertão, diz a Adeppe.

A associação também lançou, hoje, uma campanha publicitária para denunciar os números da violência em Pernambuco. As “Olimpíadas do Medo” cobram providências do governo em relação aos mais de 2,6 mil homicídios cometidos no Estado de janeiro a julho deste ano.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM