Jornal do Commercio
Reforço

Sancionada lei para contratação de policiais civis aposentados

Polícia Civil poderá contratar até 800 aposentados, com salário de R$ 1,8 mil, para funções administrativas

Publicado em 27/12/2016, às 07h19

Presidente do Sinpol diz que muitos interessados já estão procurando o sindicado / Ricardo B Labastier / JC Imagem
Presidente do Sinpol diz que muitos interessados já estão procurando o sindicado
Ricardo B Labastier / JC Imagem
Cidades

Na tentativa de compensar a falta de pessoal, a Polícia Civil vai contratar agentes, comissários e escrivães aposentados para trabalhar na área administrativa. Sancionada no último dia 22, a Lei Complementar Nº 340 autoriza o Estado a fazer a contratação de 800 policiais aposentados, com salário de R$ 1,8 mil e direito a vale-alimentação, diárias, férias remuneradas e abono natalino, entre outros benefícios.

Um decreto ainda detalhará as atribuições específicas, requisitos, convocação, designação, lotação e normas complementares. Mas a lei estabelece que os aposentados só poderão realizar atividades administrativas, atender ao público nas permanências das unidades da Polícia Civil, lavrar boletins de ocorrências, conduzir veículos policiais e atuar com computadores.

Consta ainda na lei que o trabalho deverá ser voluntário, com prazo máximo de três anos, renovável uma vez por igual período. Além disso, a dispensa poderá ocorrer em outras situações, como quando o aposentado completar 67 anos, ter sido julgado fisicamente incapaz de exercer a função por junta médica ou tiver condenação judicial.



Falta de efetivo

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), Áureo Cisneiros, diz que a entidade defende a contratação de remanescentes dos concursos realizados em 2008 e 2016. “Por princípio, o aposentado está em momento de descanso e deveria usufruir dele com sua família e não trabalhar para receber um terço do salário. Porém, muitos aposentados já estão nos procurando interessados em ser contratados. Então, somos favoráveis à medida, até porque o efetivo do administrativo será liberado para as investigações”.

Atualmente, há 5,3 mil policiais na ativa, conforme o sindicato, e 800 já estão em idade de se aposentar. Decreto publicado em 2008, pelo então governador Eduardo Campos, previa que o Estado chegaria em 2015 com 10,4 mil policiais civis.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM