Jornal do Commercio
Tragédia

Oposição na Alepe cobra punição de PMs que balearam jovem em Itambé

Parlamentares citam responsabilidade do governo em colocar nas ruas policiais despreparados

Publicado em 11/04/2017, às 19h34

Rapaz foi baleado e arrastado por policiais depois de ferido / Reprodução vídeo
Rapaz foi baleado e arrastado por policiais depois de ferido
Reprodução vídeo
Cidades

A morte do jovem Edvaldo da Silva Alves, de 20 anos, baleado por um policial militar durante protesto por mais segurança em Itambé, na Zona da Mata Norte, no dia 17 de março, repercutiu na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A Bancada de Oposição lamentou o falecimento do rapaz e cobrou celeridade nas investigações e punição aos envolvidos.

Por meio de nota, os parlamentares registram a responsabilidade do Estado, da Secretaria de Defesa Social e do Comando da Polícia Militar "por enviar para o atendimento ao chamado policias sem o preparo técnico necessário nem equipamentos adequados para a ocorrência em questão, uma manifestação da população" e dizem que a força contra manifestações populares têm se tornado corriqueiras.

 CONFIRA A NOTA:

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco lamenta o falecimento do jovem Edvaldo Alves, de 19 anos, vítima de disparo feito por policiais durante protesto na cidade de Itambé, Zona da Mata Norte do Estado, contra o crescimento da violência na região.



 Os parlamentares da bancada cobram ainda celeridade nas investigações sobre a atuação da polícia naquele dia, além de esclarecimentos sobre os motivos que levaram à demora no socorro à vítima e rigor na apuração e punição à autoridade policial que deu a ordem, assim como para o policial que efetuou o disparo.

 É importante ainda registrar a responsabilidade do Estado, da Secretaria de Defesa Social e do Comando da Polícia Militar por enviar para o atendimento ao chamado policias sem o preparo técnico necessário nem equipamentos adequados para a ocorrência em questão, uma manifestação da população.

 Além do caso envolvendo o jovem Edvaldo Alves, e guardadas as devidas proporções, a Oposição lamenta que o uso da força contra manifestações populares estejam se tornando corriqueiras no estado de Pernambuco.  São exemplos dessa postura a apreensão de fantasias da troça carnavalesca Empatando Tua Vista, durante o Carnaval, e a retirada de faixas e cartazes fixados pela população da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, com cobranças ao Governo, durante agenda do governador Paulo Câmara no município, no último fim de semana.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM