Jornal do Commercio
ARARIPINA

Carro-forte sofre tentativa de assalto em Araripina

Essa é a segunda investida contra um carro-forte da empresa Preserve nesta semana

Publicado em 21/12/2017, às 20h03

Na segunda-feira (18), outro carro-forte da Preserve sofreu uma investida, em São Bento do Una, Agreste / Foto: Cortesia
Na segunda-feira (18), outro carro-forte da Preserve sofreu uma investida, em São Bento do Una, Agreste
Foto: Cortesia
JC Online

Mais uma investida contra um carro-forte foi registrada nesta quinta-feira (21). Dessa vez, foi no município de Araripina, no Sertão de Pernambuco, com um veículo da empresa Preserve. Felizmente, ninguém saiu ferido e os bandidos não conseguiram levar os malotes com o dinheiro.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Vigilantes do Transporte de Valores do Estado de Pernambuco (SindForte), Marcos Aurélio, por volta das 17h, o carro-forte foi interceptado por três veículos (os modelos ainda não foram divulgados). Os bandidos desceram dos veículos e começaram a atirar. Não se sabe quantas pessoas estavam envolvidas na ação. Houve uma troca de tiros e os assaltantes acabaram fugindo do local.

Situação Recorrente

Marcos Aurélio chama a atenção para o fato de que, das 18 investidas ocorridas no ano contra carros-forte este ano, contando tentativas e assaltos confirmados, 17 foram contra a empresa Preserve (com a morte de um vigilante, em Garanhuns).



"Iremos conversar com a empresa para saber o que está acontecendo e ver soluções para essa recorrência de investidas contra os carros-forte da Preserve", disse o vice-presidente da SindForte.

Nessa segunda-feira (18), o assalto contra um carro-forte da empresa foi no município de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco. Na ação, o veículo chegou a ser explodido pelos assaltantes. Não houve feridos, mas os bandidos conseguiram levar os malotes com o dinheiro.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM