Jornal do Commercio
Transporte público

Movimentos sociais vão às ruas contra aumento das passagens de ônibus

Atos estão previstos para quinta e sexta, no Centro do Recife e na Zona Oeste

Publicado em 17/01/2018, às 06h37

Sociedade civil não aceita novos aumentos das tarifas / Carlos Eduardo Santos/Especial para o JC
Sociedade civil não aceita novos aumentos das tarifas
Carlos Eduardo Santos/Especial para o JC
Cidades

Além de judicializar a briga contra o aumento das passagens de ônibus, a Rede de Articulação pela Mobilidade (Ramo), que congrega vários movimentos sociais, realiza ato público amanhã, no Centro do Recife. A partir das 16h30, os grupos estarão mobilizados em um debate sobre o tema, com especialistas, na Praça da Independência, conhecida como Pracinha do Diario, exponde ilegalidades abordadas na ação pública que suspendeu, temporariamente, um possível aumento.

Já na sexta, às 14h, a Frente de Luta pelo Transporte Público realiza protesto na Iputinga, em frente à Secretaria das Cidades, na Zona Oeste, onde acontecerá reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM).

REAJUSTE

O aumento das passagens de ônibus não está na pauta deste encontro, que tem o objetivo de legalizar a situação de seus membros, por meio da prorrogação dos mandados, que venceram em dezembro, para que posteriormente o reajuste possa ser votado. Isso porque a Justiça pediu a regularização, além de documentação que comprove a necessidade de aumento.



Também está prevista a convocação da III Conferência Metropolitana de Transportes, após aprovação de resolução neste sentido. “Estranhamente, a comissão prevista na resolução, para definir onde e quando acontecerá a conferência (de onde sairão os representantes da sociedade civil no conselho) não tem membros da sociedade civil”, critica Nael Vicente, um dos quatro representantes de usuários no CSTM.

Os empresários de ônibus pedem reajuste de 11,02%. Já os movimentos sociais propõem reajuste zero e tarifa única de R$ 3,20, eliminando-se os demais anéis. Na ação popular, a Ramo pede uma redução tarifária, para R$ 2,70, com base em medidas descumpridas pelas empresas.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM