Jornal do Commercio
URBANISMO

Mercado da Encruzilhada terá banheiros e boxes externos reformados

Obra já começou. Desafio será, após o término do serviço, manter os sanitários limpos

Publicado em 29/05/2018, às 07h30

Obra começou no banheiro masculino / Foto: Sérgio Bernardo /  JC Imagem
Obra começou no banheiro masculino
Foto: Sérgio Bernardo / JC Imagem
Margarida Azevedo


O Mercado da Encruzilhada, no bairro de mesmo nome, na Zona Norte do Recife, terá os banheiros internos reformados. A intervenção é oportuna. Com a ampliação de mais uma praça de alimentação (agora são três) e melhorias na estrutura do prédio, no final do ano passado, o público que frequenta o espaço cresceu, sobretudo nos finais de semana. Após a conclusão do serviço – a obra começou este mês e deve terminar em setembro – o desafio será manter os sanitários limpos.

O banheiro masculino é o primeiro a ser melhorado. Terá nove cabines, em vez das atuais oito. O acréscimo de mais uma será para atender cadeirantes. Haverá também sete mictórios (hoje existem três). No sanitário reservado para os locatários não haverá ampliação: duas cabines, um mictório, dois lavatórios e um chuveiro. O lado feminino tem quatro cabines para os frequentadores e duas exclusivas para as permissionárias. Será mantida essa mesma quantidade.

Haverá colocação de cerâmica e melhorias nas partes hidráulica e elétrica. A empresa Ferreira Costa é parceira na iniciativa. Está fornecendo todo o material necessário para o serviço. A mão de obra é bancada pela gestão municipal. Além dos banheiros, sete boxes externos serão padronizados, com revestimento no piso, troca da parte elétrica e colocação de grades. Lá funcionam sapateiros, costureiras e serviços telefônicos.

“A previsão é de que o banheiro masculino fique pronto em meados de julho. Em seguida começaremos a obra no feminino, que deve terminar na metade de setembro. Paralelamente será feita a reforma dos sete boxes, com expectativa de que acabe em 60 dias, ou seja, no final de julho”, explica a gerente geral de Projetos da Autarquia de Serviços Urbanos (Csurb), Ana Paula Lins.

Os serviços dos boxes foram transferidos temporariamente para um dos corredores na parte de trás do mercado. “Vai ser bom pra gente ter o boxe reformado. É muito quente”, comenta o sapateiro Antônio Pereira Júnior, 19 anos, um dos beneficiados.

MANUTENÇÃO

Consumidores e comerciantes comemoram a notícia da reforma dos sanitários no Mercado da Encruzilhada. O local tem 217 boxes. “Vou ao banheiro porque é o jeito. É muita sujeira. Tem vezes que dá vontade de vomitar. Muitos clientes também reclamam”, diz a atendente de lanchonete Marcélia Chaves, 39.

“Venho ao mercado fazer compras pelo menos uma vez por semana. Nunca precisei usar o banheiro. E espero não ter que entrar pois o cheiro de do lado de fora é horrível”, afirma a administradora Áurea Dias, 61. “Fornecemos papel higiênico para nossos clientes porque se deixar no banheiro desaparece. A reforma é importante, mas é preciso manter o local limpo”, destaca a comerciante Patrícia Quintella.

Segundo a Prefeitura do Recife, há dois funcionários responsáveis pela limpeza diária dos banheiros no Mercado da Encruzilhada, um para o feminino e outro para o masculino. Ele atuam no horário de funcionamento do equipamento (6h às 18h, de segunda à sábado).



“Além do esforço diário da gestão municipal com a limpeza, é fundamental contar com a cooperação dos permissionários e clientes, que também precisam zelar pelo patrimônio público para que todos consigam utilizá-lo da melhor maneira”, ressalta a gestão municipal.

SEGURANÇA

Nos Mercados de Afogados, na Zona Oeste do Recife, e da Boa Vista, área central da capital pernambucana, consumidores e comerciantes reclamam da falta de segurança e reivindicam a presença de guardas municipais. Atualmente, a proteção é feita apenas à noite e de madrugada por vigilantes pagos pela prefeitura.

“Costumo vir ao Mercado de Afogados diariamente. Encontro bons produtos e bons preços. O que incomoda é a quantidade de crianças pedindo esmola”, diz o autônomo Dênis Santos.

Há 18 anos vendendo frios, o comerciante Luiz Carlos Gomes, mais conhecido como Biruta, diz que é preciso também investir na infraestrutura do prédio. Paredes estão sujas e com mofo. Em algumas partes do telhado há infiltrações. O prédio abriga 480 boxes.

De acordo com a Autarquia de Serviços Urbanos do Recife (Csurb), ainda este ano está prevista uma nova pintura no Mercado de Afogados. O órgão informa que já foram implantados expositores refrigerados para as carnes e exaustores no teto. A instalação elétrica passou por melhoria. Assegura ainda que houve reforma dos banheiros, pintura (em 2013) e requalificação das calçadas do entorno, além de ordenamento urbano.

No Mercado da Boa Vista, os locatários (são 60) pagam um segurança para afastar os pedintes durante o almoço. “As pessoas querem conforto e tranquilidade. Já não temos estacionamento, o que atrapalha o movimento. Pagamos segurança particular, entre 12h e 15h, para tirar os pedintes”, relata a comerciante Tereza Cristina da Silva, dona de um bar.

A prefeitura informa que vai reformar os sanitários e ampliar o número de cabines (atualmente existem sete femininas, em dois banheiros; e duas masculinas). “O projeto está pronto e a Csurb busca parcerias com a iniciativa privada para realizar a obra. O piso do mercado será refeito, com adequação da acessibilidade, e uma coberta única será colocada no pátio interno”, informa.

O secretário executivo de Gestão e Segurança Urbana do Recife, coronel Adalberto Ferreira, diz que não há planejamento para colocação de guardas municipais nos mercados públicos da capital pernambucana. “A segurança pública é de responsabilidade da Polícia Militar”, observa.


Recomendados para você


Comentários

Por Antonio,29/05/2018

Mundo afora é comum taxa de utilização de sanitários. Estações de trem da Bélgica, Holanda e Alemanha cobram para a utilização do serviço, viabilizando sua manutenção. Aqui em Pernambuco, lembro que os banheiros da Rodoviária de Caruaru tiveram nítida melhora no padrão de limpeza quando a concessionária passou a cobrar pela utilização. Não precisa ser muito: R$1,50 já seria razoável.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe
As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM