Jornal do Commercio
Religião

Católicos pernambucanos celebram Dia de Santo Antônio

A festa de Santo Antônio, dia 13 de junho, terá missa, procissão e ordenação de novos diáconos

Publicado em 12/06/2018, às 08h08

Convento Franciscano de Santo Antônio, no Centro do Recife, fará a bênção dos lírios e das crianças / Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Convento Franciscano de Santo Antônio, no Centro do Recife, fará a bênção dos lírios e das crianças
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Da Editoria Cidades

O Dia de Santo Antônio, padroeiro da Arquidiocese de Olinda e Recife, do Estado de Pernambuco e da cidade do Recife, será celebrado nesta quarta-feira, 13 de junho, com missa, procissão e bênção de lírios, de crianças e de pães. A programação começa às 6h no Convento Franciscano de Santo Antônio, no Centro da capital pernambucana, e se estende até as 19h, com celebração na Catedral da Sé, Sítio Histórico de Olinda.

Dom Antônio Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, presidirá a missa na Catedral da Sé e no fim da cerimônia vai abençoar os pães de Santo Antônio, para distribuir com os fiéis. “É uma tradição da Igreja Católica e recorda a prática de caridade sempre associada a Santo Antônio”, informa o vigário episcopal do Vicariato Olinda, monsenhor José Albérico Bezerra.

“Santo Antônio, considerado um grande pregador, distribuía o pão da palavra. Mas também se preocupava em alimentar com pão o corpo das pessoas, principalmente as mais pobres”, destaca monsenhor Albérico. O ritual realizado na festa dedicada ao santo, acrescenta, é simbólico. “Muitas paróquias mantém esse habito no dia a dia”, observa o religioso.

Como exemplo ele cita a Igreja de São Sebastião, na Ladeira 15 de Novembro, Cidade Alta de Olinda, que doa pães aos pobres toda terça-feira, às 7h. “O pão que vamos entregar na missa pode ser levado para casa ou comido na hora. Há um costume no interior do Estado de se guardar esse pãozinho na farinha, para não mofar, como sinal de fartura”, relata.

No ano seguinte, o pãozinho é triturado, misturado à farinha para ser consumido e substituído por outro, assim nunca vai faltar pão na mesa. “Não se pode jogar fora, não se joga comida fora”, reforça monsenhor Albérico, cura da Catedral da Sé.



Durante a Missa Solene de Santo Antônio, dom Fernando Saburido fará a ordenação de sete novos diáconos transitórios, de 25 a 34 anos de idade, que estão se preparando para se tornarem padres no fim de 2018. “A ordenação é um sacramento em três graus, diaconato, presbiterado (padre) e episcopado (bispo), explica monsenhor Albérico Bezerra.

Nesses seis meses, enquanto aguardam a ordenação presbiterial, os diáconos poderão celebrar casamentos e batizados, além de colaborar nas paróquias, informa monsenhor Albérico Bezerra. A formação do grupo prevê curso de sete anos de filosofia e teologia.

RECIFE

O Convento Franciscano de Santo Antônio, na Rua do Imperador Dom Pedro II, Centro do Recife, convida os devotos para acompanhar a programação festiva de 13 de junho. A primeira missa, às 6h, será celebrada por frei Aloísio Fragoso. Depois, haverá missas às 8h (padre Marcelo Marques), às 10h (frei João Hamilton dos Santos, provincial dos franciscanos) e às 12h (padre Adilson Ferreira).

No período da tarde os franciscanos farão a cerimônia da bênção dos lírios e das crianças (15h) e a Procissão de Santo Antônio, num cortejo em ruas do Centro. A caminhada começa às 16h e termina com missa conduzida pelo guardião do convento, frei Romualdo Bezerra, encerrando a Trezena de Santo Antônio (treze dias seguidos de orações). Nesta terça-feira (12), 12º dia da trezena, haverá missa às 17h.

Um dos santos mais populares do Brasil, Santo Antônio de Lisboa (ou de Pádua) nasceu em Portugal em 1195 (século 12) e morreu na Itália em 13 de junho de 1231 (século 13). Tem fama de casamenteiro e é chamado de protetor dos pobres.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada
Cantos e Recantos Cantos e Recantos
A temporada de sol está nos espreitando, e a Praia de Boa Viagem é sempre uma opção de passeio. Mas que tal ousar um pouquinho na quilometragem e desbravar outros destinos? Pernambuco tem muitos lugares fantásticos e você vai adorar o roteiro que o JC fe

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM