Jornal do Commercio
Tradição

Eliminatórias do Concurso de Quadrilhas Juninas começam no Sítio Trindade

Para a etapa final, entre os dias 29 e 30 de junho, passarão 12 das 42 quadrilhas inscritas

Publicado em 13/06/2018, às 00h09

A Junina Renascer foi a primeira a se apresentar na noite desta terça-feira (12) / Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
A Junina Renascer foi a primeira a se apresentar na noite desta terça-feira (12)
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
JC Online

O fole roncou e a temporada de festejos juninos está aberta no Recife. Daqui até o fim do mês, os dias serão de bandeirinhas e balões no ar e xote, forró e baião no salão. Para os quadrilheiros, a festa começou na noite desta terça-feira (12), no Sítio Trindade, na Zona Norte da capital. No primeiro dia de eliminatórias do 34º Concurso de Quadrilhas Juninas Adultas, quatro grupos se apresentaram para concorrer a uma vaga na final da competição.

A primeira a desfilar foi Junina Renascer, de Araçoiaba, no Grande Recife. O grupo levou o tema 'O Auto do Reino do Sol' para o palhoção, em uma homenagem com muita cor e brilho a Ariano Suassuna.

A segunda quadrilha que deveria ter se apresentado, a Junina Portal do Sertão, de Arcoverde, não compareceu e foi desclassificada. O grupo desfilaria com o tema 'Lira', dedicado ao compositor e poeta Lirinha, também arcoverdense.
Em seguida, veio a Arrocha o Nó, do Ibura, na Zona Sul do Recife. Com o tema futurista 'A Top da Galáxia', eles contaram a história do casamento de duas estrelas no espaço.



A terceira apresentação da noite foi da Quadrilha Raio de Sol, de Águas Compridas, em Olinda, com o espetáculo 'Ventre, chão, sagração: por um dia de graça', celebrando a fertilidade da terra e da mulher nordestina. A Junina Mistura Matuta, de Caruaru, no Agreste do Estado, encerrou a festa com o tema 'Vida Maria: um retrato da vida', sobre crianças cujos sonhos são roubados pelas dificuldades da vida.

Próximas fases

Esta fase das eliminatórias do segue até sexta-feira (15), a partir das 20h. A competição recomeça dia 19 e segue até dia 22, quando serão anunciadas as finalistas. Para a etapa final, entre os dias 29 e 30, passarão 12 das 42 quadrilhas inscritas.


Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM