Jornal do Commercio
CABO DE SANTO AGOSTINHO

Professora é morta a facadas em Ponte dos Carvalhos

A professora foi encontrada morta em uma rua próxima à da sua casa. De acordo com a Polícia Militar (PM), o principal suspeito é a ex-companheiro dela

Publicado em 30/06/2018, às 09h19

Peritos do Instituto de Criminalística estão no local realizando a perícia do corpo / Foto: Reprodução/ Google Street View
Peritos do Instituto de Criminalística estão no local realizando a perícia do corpo
Foto: Reprodução/ Google Street View
JC Online

Uma mulher de 30 anos foi morta a facadas no início da manhã deste sábado (30) em Ponte dos Carvalhos, no Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), o ex-companheiro da vítima é o principal suspeito.

A professora Letícia Maria dos Santos foi encontrada morta na Rua Vinte e Oito. De acordo com populares, ela morava na área. O ex-companheiro dela, que não teve a identidade revelada, também morava em uma rua próxima. Segundo a Polícia Civil, a professora teria saído cedo de casa para assinar um contrato no escola em que trabalhava. No caminho, ela teria sido surpreendida pelo homem.



Moradores dessa rua relataram ter ouvido gritos, mas quando saíram de casa a mulher já estava morta, com a faca cravada nas costas.

Peritos do Instituto de Criminalística que realizaram a perícia no corpo encontraram seis lesões espalhadas nas costas, nos braços e na nuca. A arma do crime também será analisada.

 





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM