Jornal do Commercio
CAMPEÃ DE RECLAMAÇÕES

Procon fiscaliza pontos de atendimento da Celpe

Secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, participa da fiscalização, que acontece na tarde desta quarta-feira (11)

Publicado em 11/07/2018, às 16h08

As queixas de usuários aumentaram após a decisão da Companhia de não continuar o contrato com a Caixa Econômica Federal, fazendo com que os pagamentos das contas de energia não pudessem mais ser feitos nas Casas Lotéricas / Foto: Reprodução / TV Jornal
As queixas de usuários aumentaram após a decisão da Companhia de não continuar o contrato com a Caixa Econômica Federal, fazendo com que os pagamentos das contas de energia não pudessem mais ser feitos nas Casas Lotéricas
Foto: Reprodução / TV Jornal
JC Online

Desde as 15h desta quarta-feira (11), o Procon de Pernambuco está fiscalizando pontos de atendimento da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). O trabalho de inspeção tem a participação do secretário de Justiça e Direitos Humanos do Estado, Pedro Eurico. A fiscalização começou pela Avenida Dantas Barreto, bairro de Santo Antônio, Centro do Recife.



Reclamações de usuários

De acordo com o próprio Procon, a Celpe é a empresa campeã no número de reclamações. As queixas de usuários aumentaram após a decisão da Companhia de não continuar o contrato com a Caixa Econômica Federal, fazendo com que os pagamentos das contas de energia não pudessem mais ser feitos nas Casas Lotéricas. A Celpe argumenta que tem mais de 750 pontos de atendimento em todo o Estado.


Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM