Jornal do Commercio
EDIÇÃO OUTUBRO ROSA

Homem da Meia-Noite lança edição de camisas para ajudar Hospital de Câncer

As novas camisas fazem alusão à campanha Outubro Rosa. Todo o valor arrecadado será doado para o Hospital de Câncer de Pernambuco

Publicado em 14/09/2018, às 13h00

Além do calunga, músicos e passistas também alegraram a manhã na instituição / Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Além do calunga, músicos e passistas também alegraram a manhã na instituição
Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
JC Online

Pacientes do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) receberam nesta sexta-feira (14), Dia Nacional do Frevo, uma visita mais que especial. O Homem da Meia-Noite, boneco gigante que anima os carnavais de Olinda há quase 87 anos, esteve na instituição para o lançamento de uma campanha social da agremiação em parceria com o hospital.

Para ajudar financeiramente o HCP, o Clube de Alegoria e Crítica O Homem da Meia-Noite lançou uma edição limitada de camisas em alusão ao Outubro Rosa, mês de conscientização sobre a luta contra o câncer de mama.

“Todos os anos, nossa prévia tem a ver com o social. Nós acreditamos que temos a função de levar alegria sim, mas de ajudar também, porque sem as pessoas felizes, a gente não consegue fazer carnaval”, comenta o presidente do Homem da Meia-Noite, Luiz Adolpho Alves.



Além do calunga, músicos e passistas também alegraram a manhã na instituição. Para a paciente Carla Cristiane Gomes, de 51 anos, ações como esta motivam quem está lutando contra a doença. “Isso anima os pacientes. Muitas pessoas ficam desmotivadas e nesse momento tudo é válido para animar. É muito bom ter esses momentos de alegria e descontração”, conta. Diagnosticada com câncer de mama, Carla faz tratamento no HCP desde janeiro deste ano.

Camisas

As camisas vão custar R$ 45 e poderão ser compradas na sede do Homem da Meia-Noite, em Olinda, a partir do dia 22 deste mês. Todo o valor arrecadado será doado para o hospital.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM