Jornal do Commercio
Meio Ambiente

Prefeitura de Camaragibe descumpre embargo da CPRH e retoma obra em Aldeia

Segundo a gestora da APA, a prefeitura será multada novamente e autuada por crime ambiental

Publicado em 11/10/2018, às 12h58

Estrada que estava sendo construída no Parque Municipal de Aldeia dos Camarás, próximo a PE-027, em Aldeia, Grande Recife / Foto: Filipe Jordão/JC Imagem
Estrada que estava sendo construída no Parque Municipal de Aldeia dos Camarás, próximo a PE-027, em Aldeia, Grande Recife
Foto: Filipe Jordão/JC Imagem
JC Online

A Prefeitura de Camaragibe descumpriu, na manhã desta quinta-feira (11), o embargo da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) da obra de abertura de uma estrada na Área de Proteção Ambiental (APA) Aldeia-Beberibe. Segundo a gestora da APA, Cinthia Lima, a prefeitura será multada novamente e autuada por crime ambiental.

A estrada, no Parque Municipal de Aldeia dos Camarás, próximo a PE-027, em Aldeia, Grande Recife, começou a ser construída nessa terça-feira (9) e a continuação da obra foi impedida nessa quarta-feira (10) por não possuir licença ambiental. A prefeitura foi multada em R$ 14.081,26 e prefeito do município, Desmóstenes Meira, também foi multado, no valor de R$ 10 mil por tentar impedir a fiscalização no local.

"A gente recebeu novas denúncias de que a obra teria sido retomada desde às 5h da manhã", afirmou Cinthia Lima. "Ao chegar (no local), percebemos a retomada da obra, descumprindo o embargo que a gente tinha dado ontem, em virtude do licenciamento ambiental", contou.

Ainda de acordo com a gestora da APA, o parque possui oito hectares e dois estão destinados à preservação da nascente do Rio Pacas, um dos principais afluentes do Rio Beberibe, que está incluso na APA Aldeia-Beberibe. Com a construção da estrada, um trecho do Rio Parcas teria que ser aterrado.

"O parque nacional fica dentro da área de proteção Aldeia-Beberibe, que é o maior remanescente de Mata atlântica ao norte do São Francisco, que é muito importante pra conectividade, manutenção da biodiversidade e pra preservação dos recursos hídricos", conta a gestora.

A APA Aldeia-Beberibe estava mantendo uma relação próxima com a Prefeitura de Camaragibe, pois, em 2013, já tinha sofrido um embargo pelo início de atividades sem a licença ambiental. O Parque Aldeia foi regularizado pela CPRH em 2018.



Além das multas, a prefeitura será responsável por providenciar o replantio da vegetação.

Nota da Prefeitura de Camaragibe

Em nota, a Prefeitura de Camaragibe afirmou que iniciou uma ação emergencial com a construção de uma via paralela, onde a avenida será para a entrada do bairro e a nova estrada para a saída, além da Rua do Cajá, que será uma via alternativa de mão e contramão. A intenção é melhorar a fluidez do tráfego na Avenida Vera Cruz e deverá beneficiar 10 mil moradores que são a favor do projeto. 

Sobre a vegetação, a prefeitura informou que será replantada em um espaço de, aproximadamente, seis metros do original, ainda dentro da área demarcada. Nenhuma área preservada será prejudicada, pois a estrada passará por cima, sem a necessidade de aterramento.

Confira a nota na íntegra:

Com a intenção de melhorar a fluidez do tráfego na Avenida Vera Cruz, a Prefeitura de Camaragibe iniciou uma ação emergencial com a construção de uma via paralela, onde a avenida será para entrada no bairro, a nova estrada para a saída e a rua do Cajá uma via alternativa de mão e contramão. As reclamações, de moradores, chegaram incansavelmente ao prefeito Demóstenes Meira, também morador de Aldeia, que prometeu uma solução rápida e decidiu atender à população com caráter de urgência.

Sobre a vegetação, será replantada em um espaço de aproximadamente seis metros do original, ainda dentro da própria área demarcada. É importante frisar também, que o que é alegado como nascente, está seco há anos e, mesmo assim, não será prejudicada nenhuma área preservada, pois a estrada passará por cima sem necessidade de aterramento.

A obra beneficiará diretamente mais de 10 mil moradores, dos quais se encontram a favor do projeto.

Em negociação com as autoridades ambientais, a Prefeitura Municipal irá redefinir o projeto em questão para benefício da população local e da área preservada.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM