Jornal do Commercio
DEVOÇÃO

Missa celebra o envio de 600 voluntários da festa de Nossa Senhora da Conceição

Todos os anos, desde o mês de setembro, moradores do Morro e dos bairros vizinhos se inscrevem para as vagas de voluntários

Publicado em 25/11/2018, às 20h13

Durante a Festa do Morro, os voluntários estarão divididos em 26 equipes / Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Durante a Festa do Morro, os voluntários estarão divididos em 26 equipes
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
JC Online

Assim como a força de milhares de pessoas que sobem as ladeiras do Morro da Conceição, na Zona Norte do Recife, é renovada todos os anos pela fé em Nossa Senhora, quem se dispõe a participar da organização das atividades do Santuário Nossa Senhora da Conceição - embora não receba materialmente nada em troca - sente-se agraciado apenas por ajudar. Este ano, 600 voluntários participam da Festa do Morro, e uma missa em ação de graças foi realizada neste domingo (25) para celebrar a força de vontade de quem atua nos bastidores da festividade religiosa.

Todos os anos, desde o mês de setembro, moradores do Morro e dos bairros vizinhos se inscrevem para as vagas de voluntários. Embora muitos dividam a  'atividade extra', durante os dias 29 e oito de dezembro, com a rotina atribulada do dia a dia, a fé é colocada sempre à frente. "Eu não sei nem explicar. Sempre vinha assistir às missas e acabei querendo fazer mais. Desde 1997 que agradeço à Nossa Senhora. Nessa época tive meu primeiro filho e da maternidade vim aqui ( no Morro) antes de ir para casa. O que me motiva é realmente a fé", conta Geane Freitas, 45, que trabalha na área administrativa de um escritório de publicidade e em 2018 está sendo pela primeira vez voluntária no Morro durante os dez dias de de festa.

Se para Geane esta será a primeira vez participando ativamente na organização das celebrações em homenagem à Nossa Senhora da Conceição, para  a maioria dos voluntários a atividade já faz parte da história de vida. Nascida no Morro da Conceição, Gabriela Puça, 15, praticamente deu seus primeiros passos dentro do santuário. "Minha vida toda faço isso. É uma coisa que já está na nossa família. Minha avó já era voluntária, e quando nasci sempre fui trazida por ela para ajudar",  explica a adolescente que divide suas atividades entre receber os fieis aos pés da santa e realizar a venda de artigos religiosos no santuário do Morro.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

A vontade de ajudar dos voluntários é tanta que por si só acaba reverberando para familiares e amigos. À frente da cozinha, que alimenta os 600 voluntários durante os dias de festa, Valmir Ferreira, 53, reduz as atribuições como proprietário de um bufê para dedicar mais de 10h do seu dia para o preparo da comida servida aos voluntários. "É realmente um questão de devoção. Tornei-me voluntário a partir da influência da minha mãe, mas hoje já somos eu, minhas filhas, esposa, sobrinhos, já não sei nem quantos mais", afirma.



Durante a Festa do Morro, os voluntários estarão divididos em 26 equipes, trabalhando na acolhida, barracas, limpeza, liturgia, cortejo, segurança, decoração dos andores e coleta. Além da alimentação, os voluntários recebem gratuitamente uma camisa e, segundo eles, ainda mais graças intercedidas por Nossa Senhora.

Missa dos Motoristas

Ainda na programação pré-festa de Nossa Senhora,  foi celebrada na manhã deste domingo uma missa dedicada a todos os motoristas que participam das festividades no Morro. A celebração teve início às 9h, presidida pelo reitor da Igreja, padre José Ulysses.

A abertura do Novenário de Nossa Senhora da Conceição do Morro 2018 terá início na próxima quinta-feira, 29, com a procissão da bandeira, que traz a imagem da Imaculada Conceição. A concentração está marcada às 17h, no Parque Urbano da Macaxeira,  no bairro homônimo, com saída às 18h.



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM