Jornal do Commercio
PREMIAÇÃO

Cais do Sertão recebe Prêmio Nacional do Turismo 2018

O Centro Cultural foi o único representante pernambucano, e competiu com outras 241 iniciativas de todo o Brasil

Publicado em 06/12/2018, às 16h39

O Módulo 2 do Cais do Sertão foi o escolhido pelo prêmio / Foto: Divulgação/Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer
O Módulo 2 do Cais do Sertão foi o escolhido pelo prêmio
Foto: Divulgação/Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer
JC Online

O Centro Cultural Cais do Sertão foi vencedor do Prêmio Nacional do Turismo 2018. A premiação, que aconteceu na quarta-feira (5), no Rio de Janeiro, deu o título na categoria “Valorização do Patrimônio pelo Turismo” ao único representante pernambucano.

O vencedor é uma das principais obras do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) em Pernambuco, considerado destaque nacional pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“O Cais do Sertão é uma obra de arquitetura grandiosa que mistura o moderno com elementos forte da cultura sertaneja. O espaço é um convite para conhecer um pouco da história dos nordestinos”, comenta a secretária executiva do Prodetur Manuela Marinho.

A premiação contou com a inscrição de um total de 241 iniciativas de todo o Brasil nas seguintes áreas: monitoramento e avaliação do turismo; qualificação e formalização no turismo; valorização do patrimônio pelo turismo; turismo de base local e produção associada ao turismo; turismo social; inovação tecnológica no turismo; e marketing e apoio à comercialização do turismo.

 

O Cais

Inaugurado em abril de 2014, o Módulo 1 do Cais do Sertão engloba atrações da vida e obra do cantor e compositor Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, com exposições interativas sobre o tema. Mas foi com o Módulo 2 que o Centro conquistou o prêmio.

No projeto do arquiteto Marcelo Ferraz, o mesmo que trabalhou com Lina Bo Bardi na construção do Museu de Arte de São Paulo, a nova etapa do Cais do Sertão consiste numa gigantesca estrutura de quatro pisos suspensa sobre um vão, à semelhança do Masp, de quase quatro mil metros quadrados, como prolongamento da primeira.

Entre o prédio e o mar do Porto do Recife, uma enorme parede de cobogós projeta, através da luz, sombras que formam desenhos no piso, reproduzindo o chão rachado pela seca.



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM