Jornal do Commercio
Repercussão

Vídeo com comentários contra nordestinos causa revolta nas redes

Internautas associaram com a água sanitária Dragão, mas empresa negou envolvimento em nota

Publicado em 09/01/2019, às 21h44

Homens ainda não foram identificados / Reprodução/Vídeo
Homens ainda não foram identificados
Reprodução/Vídeo
JC Online

Um vídeo que está circulando nas redes sociais vem causando revolta, principalmente entre os nordestinos. Isso porque na gravação dois homens, que ainda não foram identificados, aparecem fazendo comentários de caráter xenofóbico, voltado contra os moradores do Nordeste e também do Norte do País.

"Queria dizer o seguinte, agora que o Bolsonaro ganhou, ele vai excluir os nordestinos do grupo. Ele já acabou de me mandar um whatsapp. Agora é faca na caveira. A gente não vai mais suportar esse pessoal do Acre, Roraima, do Norte", diz um dos homens.

Em outro momento, um outro homem, com a camisa do Atlético-MG, reforça os comentários contra os nordestinos. "Essa galera do Nordeste tem que parar de gastar o dinheiro que o Sudeste produz", afirmou.



Vários internautas estão revoltados nas redes sociais, criticando a dupla. Muitos inclusive associaram com a água sanitária Dragão, afirmando que um dos homens seria da família da empresa. No entanto, por meio das redes sociais oficiais, a marca química negou qualquer envolvimento no conteúdo. 

CONFIRA A NOTA

“Vimos esclarecer ao público, bem como aos nossos consumidores o nosso repúdio ao conteúdo veiculado no vídeo e nas mensagens que circulam nas redes sociais envolvendo o nome da marca DRAGÃO, caracterizando portanto #FAKENEWS.

Ressaltamos, contudo, que a DRAGÃO é uma empresa genuinamente NORDESTINA com muito orgulho, tendo fábricas nos estados de PERNAMBUCO, ALAGOAS E CEARÁ atuando há mais de 70 anos no mercado do Norte/Nordeste.

Lembramos ainda que o compartilhamento de #FAKENEWS é crime, previsto em lei.”


Recomendados para você


Comentários

Por Alexandre,11/01/2019

Lamentável... Gostaria de convidar todos aqui descriminado, Norte, Nordeste, para entrarmos com uma ação na justiça contra estes caras.

Por Fabricio santos,11/01/2019

Esse maldito governo Bolsonaro vai falir o Brasil

Por Machado Freire ,10/01/2019

Tem jeito não, vou de Brilux !

Por Carlos Marcos,10/01/2019

Pra surpresa de absolutamente ninguém, é apoiador do Exmo. Sr. Asno.

Por Revoltado,10/01/2019

Isso não nos atinge! O nordeste apesar de toda injuria atribuída é o berço da cultura Nacional. Temos excelentes artistas, escritores, intelectuais, sem falar das belezas naturais da nossa terra. Pobreza existe em todo o canto... O que falar dos milhares sem teto pelas ruas de São Paulo? A Cidade maravilhosa (RIo)com as suas inúmeras comunidades? Sou nordestino, estudei bastante e sei que Pernambuco já foi o Brasil, capitania que prosperou. Infelizmente nossos governantes não souberam conduzir nossas riquezas que forma que essa nos trouxessem benefícios e crescimento continuado.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida
Vida fit todo dia Vida fit todo dia
Apesar de a abertura do Verão no Brasil só acontecer em dezembro, no Nordeste há uma antecipação da data. Por esse motivo, que tal aproveitar esses meses de energia para cultivar bons hábitos e mudar o estilo de vida? Veja várias dicas de como se cuidar

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM