Jornal do Commercio
Redes sociais

Homens que causaram revolta nas redes com ofensas a nordestinos se desculpam

Dupla viralizou nas redes com vídeo em que agrediam nordestinos

Publicado em 10/01/2019, às 21h50

Homens disseram que não quiseram ofender nordestinos / Reproduçao/Vídeo
Homens disseram que não quiseram ofender nordestinos
Reproduçao/Vídeo
JC Online

Os dois homens que causaram revolta nessa quarta-feira com comentários contra nordestinos e pessoas da Região Norte do País vieram a público pedir desculpas pelas palavras proferidas em vídeo vazado. Os dois procuraram a imprensa e fizeram a retratação pelo ocorrido.

“Aludido vídeo foi gravado em uma roda de amigos, e visava uma brincadeira privada, brincadeira essa que, reconhecemos ser infeliz e de péssimo gosto. Veiculada de forma contextualizada, tomou proporções inimagináveis, motivo pelo qual, de pronto, a rechaçamos e manifestamos total retratação”, escreveram.

Um dos homens é sócio da empresa mineira Ramos e Campos Importação e Exportação Ltda, conhecida como Primus Gemstones. Outro é professor e médico veterinário. No pedido de desculpas, eles se identificam como Lucas Campos e Vinicíus Raposo.



O CASO

A dupla acabou viralizando nas redes sociais nessa quarta-feira com o vídeo em que ambos proferiam palavras de cunho preconceituoso contra nordestinos e nortistas. O vídeo causou revolta entre os nordestinos, principalmente. 

"Em momento algum, tivemos a intenção de agredir verbalmente qualquer pessoa ou grupo de pessoas, tampouco quisemos expressar ali um sentimento de ódio, preconceito, discriminação ou incitação de violência. Nunca foi nossa intenção", diz outro trecho do texto de desculpas. "Reiteramos o pedido de sinceras desculpas a todos aqueles que, por qualquer motivo, se sentiram ofendidos com as palavras ditas por nós, que não condizem com as nossas convicções", complementaram.



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM