Jornal do Commercio
ACORDO

Vigilantes são orientados a retomarem as atividades no HR

De acordo com o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Pernambuco, os profissionais receberão parte do salário e dos benefícios a partir do dia 15 deste mês

Publicado em 10/01/2019, às 21h48

A orientação foi dada aos vigilantes após uma reunião que aconteceu no Ministério dos Trabalhadores na tarde desta quinta-feira / Foto: Mário Oliveira/ TV Jornal
A orientação foi dada aos vigilantes após uma reunião que aconteceu no Ministério dos Trabalhadores na tarde desta quinta-feira
Foto: Mário Oliveira/ TV Jornal
JC Online

Após realizarem um protesto no Hospital da Restauração, localizado no bairro do Derby, área central do Recife, nesta quinta-feira (10), os vigilantes da empresa Xerife Vigilância foram orientados a retomarem as atividades normalmente nesta sexta-feira (11). De acordo com o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Pernambuco, Cassiano Souza, a orientação foi dada após uma reunião na tarde desta quinta no Ministério do Trabalho, que envolveu o sindicato, a empresa Xerife, responsável pela segurança do HR, e a Secretaria de Saúde do Estado (SES).

"Ficou acordado que o Estado vai repassar cerca de 1 milhão para o pagamento de parte dos salários", informou o presidente do sindicado. Segundo Souza, a verba será destinada para o pagamento de um salário, dois vales alimentação, um vale transporte e o pagamento de impostos dos profissionais. O presidente disse também que o pagamento será realizado a partir do dia 15 deste mês.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde do Estado informou que se comprometeu em realizar o repasse à Xerife Vigilância para que sejam feitos os pagamentos aos trabalhadores.



Confira a íntegra da nota

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informa que, em reunião na tarde desta quinta-feira (10/01) no Ministério do Trabalho, se comprometeu a realizar, nos próximos dias, repasse à empresa Xerife para que sejam efetivados os pagamentos dos salários e benefícios dos vigilantes. Assim que a empresa comprovar o cumprimento das obrigações trabalhistas referentes aos referidos pagamentos, a SES vai trabalhar para efetivar um novo repasse. É importante ressaltar que a comprovação da regularidade fiscal é uma obrigação legal, que consta no contrato de prestação de serviço da empresa, visando a garantia do recolhimento dos direitos trabalhistas dos vigilantes.

A paralisação

Na manhã desta quinta-feira, os vigilantes realizaram uma paralisação nas atividades por atrasos nos salários e benefícios. Segundo os trabalhadores, os salários estão atrasados há dois meses e não recebem vale-refeição há cinco.

O líder do movimento, vigilante Silva, informou que o curso de reciclagem obrigatório para a categoria também estava atrasado.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM