Jornal do Commercio
ESTADO DE SAÚDE

Menina levada ao hospital com larvas na cabeça permanece internada

De acordo com a assessoria de comunicação do Hospital Maria Lucinda, a criança passou por cirurgia nessa quinta-feira (10)

Publicado em 11/01/2019, às 19h15

A menina deu entrada na unidade de saúde nessa quarta-feira (9) e não tem previsão de alta / Foto: Reprodução/ Google Street View
A menina deu entrada na unidade de saúde nessa quarta-feira (9) e não tem previsão de alta
Foto: Reprodução/ Google Street View
JC Online

A menina de 10 anos que foi levada ao Hospital Maria Lucinda, localizado no bairro do Parnamirim, Zona Norte do Recife, nessa quarta-feira (9) com mais de 50 larvas na cabeça permanece internada na unidade de saúde. De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, a criança passou por cirurgia nessa quinta-feira (10) e está respondendo bem ao tratamento.

Ainda segundo a assessoria, apesar da resposta ao tratamento a menina ainda não tem previsão de alta do hospital.

Relembre

Uma criança deu entrada na manhã dessa quarta-feira no Hospital Maria Lucinda após apresentar ferimento grave na cabeça causado por larvas. O Conselho Tutelar de Jaboatão dos Guararapes informou que os pais da menina acreditavam que a filha estava com algum tipo de fungo na cabeça e com isso deram início a um tratamento sem orientação médica.



Segundo o Conselho Tutelar, a menina foi levada à Unidade de Pronto Atendimento de Cavaleiro, em Jaboatão, e ao chegar foi constatada a gravidade do problema. Ela foi encaminhada para o hospital e por conta do estado crítico precisou passar por cirurgia.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM