Jornal do Commercio
ESTADO DE SAÚDE

Menina levada ao hospital com larvas na cabeça permanece internada

De acordo com a assessoria de comunicação do Hospital Maria Lucinda, a criança passou por cirurgia nessa quinta-feira (10)

Publicado em 11/01/2019, às 19h15

A menina deu entrada na unidade de saúde nessa quarta-feira (9) e não tem previsão de alta / Foto: Reprodução/ Google Street View
A menina deu entrada na unidade de saúde nessa quarta-feira (9) e não tem previsão de alta
Foto: Reprodução/ Google Street View
JC Online

A menina de 10 anos que foi levada ao Hospital Maria Lucinda, localizado no bairro do Parnamirim, Zona Norte do Recife, nessa quarta-feira (9) com mais de 50 larvas na cabeça permanece internada na unidade de saúde. De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, a criança passou por cirurgia nessa quinta-feira (10) e está respondendo bem ao tratamento.

Ainda segundo a assessoria, apesar da resposta ao tratamento a menina ainda não tem previsão de alta do hospital.

Relembre

Uma criança deu entrada na manhã dessa quarta-feira no Hospital Maria Lucinda após apresentar ferimento grave na cabeça causado por larvas. O Conselho Tutelar de Jaboatão dos Guararapes informou que os pais da menina acreditavam que a filha estava com algum tipo de fungo na cabeça e com isso deram início a um tratamento sem orientação médica.



Segundo o Conselho Tutelar, a menina foi levada à Unidade de Pronto Atendimento de Cavaleiro, em Jaboatão, e ao chegar foi constatada a gravidade do problema. Ela foi encaminhada para o hospital e por conta do estado crítico precisou passar por cirurgia.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM