Jornal do Commercio
ATRAÇÕES

Recife divulga programação do Carnaval 2019

Entre os artistas convidados para se apresentar entre os 45 polos estão Baiana System, Monobloco, Cordel do Fogo Encantado e Alcione

Publicado em 30/01/2019, às 10h41

No total, serão 45 polos espalhados por toda a capital / Foto: JC Imagem
No total, serão 45 polos espalhados por toda a capital
Foto: JC Imagem
JC Online

A Prefeitura do Recife divulgou nesta quarta-feira (30) a programação do Carnaval 2019 na cidade. No total, serão 45 polos espalhados por toda a capital — um a mais do que no ano passado —, com atrações entre os dias 1 e 5 de março. Entre os artistas convidados, estão nomes como Baiana System, Monobloco, Alcione, Fafá de Belém e Paralamas do Sucesso.

Além deles, estão escalados também Gaby Amarantos, Fundo de Quintal, Jorge Aragão e Leci Brandão, Natiruts, entre outros. O Cordel do Fogo Encantado, por sua vez, teve presença confirmada nos shows no palco do Marco Zero na segunda-feira de Carnaval, dia 4.

Além dos artistas de fora, nomes de pernambucanos já tradicionais na programação, como Spok, Maestro Forró e Almir Rouche, também são presença garantida para esse ano. No total, 99% das atrações culturais do Carnaval 2019 serão de nomes locais, de acordo com a Prefeitura do Recife.

Decoração

Este ano, a Prefeitura do Recife assume pela primeira vez a decoração dos polos carnavalescos. A proposta é uma paleta de cores quentes e vibrantes, com texturas criadas especialmente para as festividades, além do foco em mais decoração aérea ao invés de tantos elementos de chão. Nas imagens, veja o planejamento divulgado para a decoração das ruas da cidade no período do Carnaval:




Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Polos

Os polos centralizados serão no Marco Zero, Praça do Arsenal, Pátio do Terço, Praça da Independência, Rua da Moeda, Pátio de São Pedro, Cais da Alfândega, Mercado da Boa Vista e Aurora dos Carnavais. Já os concursos de agremiações acontecerão na Avenida Nossa Senhora do Carmo e Avenida do Forte.

Os polos descentralizados, por sua vez, serão distribuídos nos seguintes bairros: Brasília Teimosa, Linha do Tiro, Alto José do Pinho, Ibura de Baixo, Várzea, Cordeiro (Rua da Lama), Lagoa do Araçá, Campo Grande, Coelhos, Jordão Alto, UR-05 (Ibura), IPSEP, Roda de Fogo, Iputinga, Joana Bezerra/ Coque, Mustardinha, Barro, Santo Amaro/ Frei Casimiro, Areias, UR-2 (Ibura), Jardim São Paulo, Bomba do Hemetério, Chão de Estrelas, Nova Descoberta (Pátio da Feira) e Casa Amarela.

Para as crianças, a folia ficará concentrada no já tradicional polo do Paço Alfândega, além dos Parques Dona Lindu, Santana, Jaqueira e Macaxeira, que também irão contar com programação durante o dia. Uma das novidades fica por conta da Praça do Arsenal, que contará com programação voltada para a garotada a partir das 16h, na terça (5).

Confira a programação dos principais polos:

Marco Zero

Sexta-feira (1º de março)

19:00 20:20 Abertura

20:40 - 21:55  Gerlane Lops

22:15 - 00:00 Maestro Forró com Nena Queiroga e Almir Rouche

00:20 - 01:20 Belo xis

Sábado (2 de março)

20:00 - 21:30 Lula Queiroga e convidados Pedro Luiz, Roberta Sá e Marcelo Jeneci

21:50 - 22:50 Fafá de Belém

23:10 - 00:30 André Rio com Quinteto Violado, Banda de Pau de Corda e Banda Som da Terra

00:50 - 02:10 Paralamas do Sucesso

Domingo (3 de março)

20:00 - 21:00 Samba no Recife com Adriana B e convidados locais (homenagem a Braúlio de Castro)

21:20 - 22:40 Leci brandão

23:00 - 00:10 Alcione

00:30 - 02:00 Monobloco

Segunda-feira (4 de março)

20:00 - 21:10 Gustavo Travassos com Beto Hortis, Luciano Magno e Coral Edgard Moraes

21:30 - 23:00 Jota Quest

23:20 - 00:30 Cascabulho com show Revisto e Rabiscado convida Zezé Motta, Daúde e Tony Tornado

00:50 - 02:20 Cordel do Fogo Encantado

Terça-feira (5 de março)

20:30 - 22:00 Alceu Valença

22:20 - 23:50 Gaby Amarantos

00:10 01:40 Elba Ramalho

02:00 - 05:00 Spok Frevo com participação de Tânia Alves

05:00 Orquestrão

Arsenal

Sábado (2 de março)

20:00 - 20:50 Cláudio Almeida

21:10 - 22:00 Antônio Nóbrega

22:20 - 23:20 Tibério Azul

23:40 - 0:40 Geraldo Azevedo com Cesar Michiles &Transversal Frevo Orquestra

1:00 - 2:00 Romero Ferro

Domingo (3 de março)

19:00 - 19:40 Antúlio Madureira

20:00 - 20:50 Família Salustiano

22:20 - 23:20 SaGrama

23:40 - 0:40 Silvério Pessoa

1:00 - 2:00 Quinteto Violado

Segunda-feira (4 de março)

17:00 - 18:00 Orchestra Santa Massa

20:00 - 20:50 Maestro Duda

21:10 - 22:00 Derico Alves

22:20 - 23:20 Adiel Luna

23:40 - 0:40 Almério

Terça-feira (5 de março)

19:00 - 19:40 Bloco Lírico

20:00 - 20:50 Maciel Salu

22:20 - 23:20 SKA Frevando com SKA Maria Pastora e Ylana Queiroga

23:40 - 0:40 André Rio

19:00 - 19:40 Lia de Itamaracá

Pátio de São Pedro

Domingo (3 de março)

20:00 - 20:50 Maestro Edson Rodrigues

21:10 - 22:00 Romero Ferro

23:40 - 1:00 Geraldo Azevedo

Segunda-feira (4 de março)

20:00 - 20:50 Orquestra Henrique Dias

21:10 - 22:00 Siba

22:20 - 23:20 Dino Braia

23:40 - 1:00 Beto do Bandolin

Terça-feira (5 de março)

19:00 - 19:40 Bia Marinho

20:00 - 20:50 Isaar

22:20 - 23:20 Maciel Salu



Comentários

Por CARLOS EDUARDO DANTAS CUNHA,06/03/2019

Samba desafinado Que dizer quando a prefeitura cria 45 pólos de folia descentralizando o carnaval e permitindo que as apresentações sejam realizadas “ali na praça”, pertinho de casa, possibilitando aos moradores da localidade o acesso fácil e seguro ao carnaval de rua? Ótimo, não é mesmo? E o que dizer quando os cuidados mínimos para que as apresentações sejam boas, não são dados aos artistas que vão se apresentar, frustrando o público ansioso por assisti-los? Péssimo, não é? Pois assim foi o polo da Várzea – pelo menos, nesta terça-feira, dia 5, o verdadeiro e único dia de carnaval. Sua programação prevista para ter início às 14:30h com apresentação de blocos líricos, começou um pouco atrasada, com o Bloco Eu Quero é Mais. Antes disso, o Cordel do Fogo Encantado passava o som para sua apresentação, que seria já perto das 23h – a última da noite. Depois do primeiro bloco, veio o Flores do Capibaribe, o segundo dos três blocos agendados para aquele polo. Quando, de repente, surge uma interrupção das apresentações dos blocos, para a passagem de som de Karynna Spinelli, que se apresentaria às 19h. Aqui o samba desafinou. Demonstrando total falta de respeito ao público, aos músicos e demais componentes dos blocos líricos, a (des)organização do evento achou por bem interromper o show iniciado e dar vez e voz àquela que preparava uma apresentação em homenagem às mulheres. Não foi bem isso que pareceu. Numa total falta de respeito aos presentes, Karynna, que sequer notou que existiam pessoas ali, e que não era para assisti-la, não se dignou a dizer um “boa tarde”, ou um “desculpe gente”. Com muita arrogância e grosseria deu início à sua passagem de som e começou a reclamar do mau posicionamento das cadeiras para seu naipe de músicos e das caixas de som para retorno. O Bloco dos Artesãos (que está grafado como Artesões na programação oficial, fato lastimável) já no seu devido lugar, ficou à espera que a “toda-poderosa” se dignasse a concluir o que havia começado. Não sei se foi a incompetência dos técnicos ou da aparelhagem, mas depois de mais 15 minutos de interrupção, nada havia sido feito, então resolveram dar seguimento às apresentações programadas e o bloco dos “artesões” pode começar à sua. A esta altura, o problema apareceu com o som preparado para os blocos, que se apresentavam no chão, ao pé do palco onde rolava a confusão com a sambista. Os fios não se conectavam, o som não saía dos microfones... Mas, tudo bem, era apenas um bloco lírico. O Bloco dos Artesãos de Pernambuco foi gravemente prejudicado em sua apresentação. A fiação para o som do naipe das cordas teve sua ligação efetuada, porém as cantoras ficaram sem saída para suas vozes. Por que os técnicos (ou seriam téquinicos?) não resolveram o problema, não sei. Mas o que pareceu foi mais descaso que incompetência. Certamente o público – como eu – ficou bastante frustrado ao assistir a uma apresentação tão lesada por causa da inabilidade de técnicos, artistas e gestores do local. Resta pedir um pouco de humildade e pontualidade à sambista para que faça o que deve ser feito na hora certa, e não interrompendo apresentações de outros artistas. Ela certamente deve ter subido ao palco cheia de sorrisos, homenagens e agradecimentos ao público noturno. Resta, também, exigir que a prefeitura seja menos conivente com os maus serviços oferecidos nos seus palcos “menos” importantes, pois a impressão que se tem é que não há interesse algum em fazer com que a descentralização venha a ser um problema por causa de “acidentes” de pequena monta. Queria ver isso acontecer no Marco Zero. Carlos Dantas

Por PAULA,18/02/2019

Que programação é essa sem Marrom Brasileiro?? Paralamas novamente, J. Quest novamente e faltando nossos artistas da terra. Tudo errado!

Por Ted,30/01/2019

Faltou Marrom,Nonô Germano,Alcimar Monteiro,Nação Zumbi.lamentável.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Sozinhas nasce uma mãe Sozinhas nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.
Papai Noel o ano inteiro Papai Noel o ano inteiro
As luzes na cidade anunciam que o Natal já chegou. É nesta época do ano que o espírito natalino faz aflorar alguns dos sentimentos mais nobres. Agora iremos contar histórias de pessoas, organizações e empresas que fizeram da solidariedade missão de vida

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM