Jornal do Commercio
Folia

Carnaval de Olinda terá homenagem aos foliões

As ruas da cidade serão decoradas com bonecos representando as fantasias dos foliões no Carnaval de Olinda em 2019

Publicado em 06/02/2019, às 10h08

O Homem da Meia-Noite estará na abertura do Carnaval de Olinda / Foto: Filipe Jordão/JC Imagem
O Homem da Meia-Noite estará na abertura do Carnaval de Olinda
Foto: Filipe Jordão/JC Imagem
Da Editoria Cidades

Bonecos vestidos de passista de frevo, super-heróis, sereia, anjo, caveira, princesa, bruxa, palhaço, pierrô e pirata serão espalhados em ruas da cidade de Olinda para homenagear os foliões no Carnaval 2019. As alegorias, inspiradas no tema da festa, começam a ser instaladas a partir da próxima semana no Sítio Histórico e nas Avenidas Olinda e Sigismundo Gonçalves.

“No Carnaval, o folião é o protagonista de vários sonhos, por isso o tema da festa, Carnaval de Olinda 2019 – A Fantasia é Você, faz uma homenagem a todas as pessoas que vivem esse sonho”, declara o secretário de Patrimônio da cidade, João Luiz da Silva, em entrevista para divulgar o o tema e a marca da festa, nessa terça-feira (05/02).


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

 

Desfilarão em Olinda 1.800 blocos, troças, clubes e maracatus entre outras agremiações carnavalescas (300 a mais em relação ao ano passado) e se apresentarão 200 artistas. “Vamos divulgar a programação completa depois do dia 11 de fevereiro e deveremos valorizar os artistas da terra”, afirma João Luiz da Silva, acrescentando que os artistas homenageados no Carnaval 2019 serão escolhidos em votação popular.

A consulta está programada para ser feita ao longo da próxima semana com uma lista (veja abaixo) que inclui dez pessoas representativas para o Carnaval de Olinda e quase todas falecidas em 2018. De acordo com João Luiz da Silva, dois nomes serão escolhidos para receber a homenagem póstuma.

Em 2019, pela primeira vez, Olinda promoverá um arrastão de frevo na abertura oficial da festa, às 17h do dia 28 de fevereiro. O cortejo sairá do Palácio dos Governadores, a sede da prefeitura, na Praça Monsenhor Fabrício (Cidade Alta), e seguirá até a Praça do Carmo, animado por uma orquestra de frevo com 35 músicos, bonecos gigantes e passistas. A festa continua no Palco do Carmo com Grupo Bongar, a partir das 19h30.

O Bongar terá como convidados o cantor Silvério Pessoa e o Clube de Alegoria e Crítica O Homem da Meia Noite. Logo depois, às 21h, o Palco do Carmo receberá o Quinteto Violado e seus convidados, Charles Theone e o Maracatu Nação Pernambuco, que comemora 30 anos de vida. Para encerrar a noite de abertura do Carnaval de Olinda, o cantor e compositor Alceu Valença entra em cena às 23h e sua convidada é a cantora Elba Ramalho.

Outra novidade da folia 2019 de Olinda são dois grandes cortejos pelos bairros de Peixinhos e Rio Doce, na semana pré-carnavalesca, com desfile de agremiações como o Clube Elefante, a Troça Pitombeira dos Quatro Cantos, o Grupo Patusco, afoxés e outros blocos famosos. “Será no fim da tarde, numa via principal dos bairros”, avisa João Luiz da Silva. A data ainda será definida.

POLOS

Os oito polos de animação estarão montados no Carmo, o palco da abertura oficial do Carnaval de Olinda; Xambá, para as atrações de matriz africana; Fortim, dedicado à nova cena musical; Varadouro, onde será montada uma passarela para cortejos de agremiações; Rio Doce, palco para as apresentações da produção local; Guadalupe, espaço voltado para grupos de coco; Alto Sé, o reduto do samba; e o Infantil, no Carmo, com atrações para crianças.

“Eliminamos quatro polos (eram 12 em 2018) porque as pesquisas quantitativas e qualitativas feitas nos dois últimos Carnavais mostraram que as pessoas preferem a festa na rua e não no palco, então decidimos investir nos desfiles no chão”, explica João Luiz de Silva. O Polo Varadouro não terá palco, mas uma passarela para a exibição dos grupos.



O Carnaval de Olinda está orçado em quase R$ 9 milhões e a ideia da prefeitura é bancar todos os custos com patrocínio, igual a 2018. “Temos R$ 1,5 milhão do governo do Estado, vamos receber R$ 1 milhão da empresa Uber e esperamos que o valor da licitação da cervejaria, que é nosso maior patrocinador, chegue a mais de R$ 5 milhões”, declara o prefeito, Lupércio Nascimento. As propostas serão abertas nesta sexta-feira (8). “O restante virá de outros apoiadores”, informa o prefeito.

Candidatos à homenagem

Cláudio Nigro (Mirula) – Um dos fundadores do Clube Carnavalesco Misto Elefante de Olinda e um dos autores do hino da agremiação

José Luiz Aragão da Silva (Lula dos Estandartes) – Artesão que confeccionou estandartes para mais de 200 agremiações de Olinda, como Elefante, Cariri e Vassourinhas

Afonso Gomes de Aguiar Filho (Mestre Afonso) – Foi líder do Maracatu Leão Coroado de 1996 a 2018. O Leão Coroado é o maracatu mais antigo do Brasil, fundado em 1863

Antônio Aurélio Sales (Cabela) – Um dos fundadores da Troça Carnavalesca Ceroula de Olinda, criada em 1962

Clóvis Ferreira – Era presidente do Grêmio Recreativo Escola de Samba Preto Velho e lutava pela manutenção do samba em Olinda

Maria Alice Soares dos Anjos (Baixinha) – Foi uma das fundadoras do Grêmio Lítero Recreativo Cultural Misto Carnavalesco Eu Acho é Pouco, em 1976.

Heloísa Maria Buarque de Hollanda (Miúcha) – Uma das fundadoras do bloco Segura a Coisa, em 1975, com Aldifas Santos, Pii, Ângelo e Xirumba, entre outros moradores de Olinda

Wilson Bispo do Santos (Mestre Ferrugem do Coco) – Era considerado um dos principais mestres do coco de raiz em Pernambuco e integrava o Coco do Amaro Branco

Bartholomeu Santiago – Presidente e fundador do Clube Marim dos Caetés, em 1982

Mário Raposo (Lorde de Olinda) – Personagem que desfilou pelas ladeiras da Cidade Alta por 63 anos, vestido de fraque preto e cartola, e morreu em 2006




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM