Jornal do Commercio
FOLIA

Galo da Madrugada veste jeans em alegoria deste ano

Roupa do ‘Galo Artesão’ tem 50% de tecidos reutilizados do Polo de Confecção de Pernambuco

Publicado em 12/02/2019, às 17h33

O artista plástico Leopoldo Nóbrega coordenou o projeto do galo gigante deste ano / Foto: Filipe Jordão/JC Imagem
O artista plástico Leopoldo Nóbrega coordenou o projeto do galo gigante deste ano
Foto: Filipe Jordão/JC Imagem
JC Online

Na tarde desta terça-feira (12), foi apresentado no espaço Arte Plenna, no bairro do Arruda, Zona Norte do Recife, o projeto para a alegoria do Galo da Madrugada de 2019. Chamada de “Galo Artesão”, a alegoria tem roupa confeccionada com 50% de tecidos reutilizados do Polo de Confecção de Pernambuco. A peça, que terá um visual inspirado no jeans e em elementos afro, será colocada na Ponte Duarte Coelho, bairro da Boa Vista, centro do Recife.

O projeto do galo gigante deste ano está sendo coordenado pelo artista plástico Leopoldo Nóbrega. “Além da roupa, também estamos fazendo as jóias, ou ‘ecojoias’, onde a pintura delas é feita com argila líquida e pigmentos naturais”, contou.

As peças que vão se conectar com a carenagem que a ser montada na ponte foram feitas separadamente por artesãos no espaço. “Com duas semanas de capacitação, cada parte foi feita por artistas seguindo nossa filosofia de trabalho”, relatou Leopoldo.

Os artistas escolhidos para confeccionar as partes da alegoria são vindos do bairro da Bomba do Hemetério, também na Zona Norte. O próprio galo gigante, que terá cerca de 25 metros de altura, teve a estrutura erguida em local não revelado para testes. “Foram dois dias subindo o galo”, contou Leopoldo.



A crista do Galo foi criada pelo artista Jó Marchetaria. Inspirado em um “cabelo afro”, toda a peça foi construída com conduíte, de plástico. Ela também foi enfeitada com desenhos de pierrô. José Ângelo, artista plástico, fez os pés e o rosto do galo. “Eu acredito que vai ficar imponente e que vai ter aprovação de todos”, disse.

Galo “folião”

Diego Rocha, presidente da Fundação de Cultura da Cidade do Recife, afirmou que o galo é inspirado no folião. “Ele representa o carnaval do Recife, com 45 polos, tudo de graça, inspirado nos elementos do folião na rua”, relatou.

Ele também destacou a economia na decoração da alegoria de 2019. “A alegoria custou R$ 250 mil a menos do que no ano passado”, informou. Segundo Diego, na noite do dia 26 de janeiro a Ponte Duarte Coelho vai ser interditada para montagem do galo gigante.

Assista ao vídeo




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM