Jornal do Commercio
SUSTENTABILIDADE

Adolescentes da Funase aprendem a fazer detergente não poluente

O projeto foi desenvolvido no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Jaboatão dos Guararapes e aplicado no Case Vitória de Santo Antão

Publicado em 25/03/2019, às 17h48

Os adolescentes participaram, na última sexta-feira (22), de várias oficinas promovidas pela Funase na unidade / Foto: Divulgação
Os adolescentes participaram, na última sexta-feira (22), de várias oficinas promovidas pela Funase na unidade
Foto: Divulgação
JC Online

Adolescentes de uma das unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) participaram de várias oficinas educativas na última sexta-feira (22). Em uma delas, os socioeducandos puderam aprender a fazer detergente caseiro que não polui o meio ambiente.

O projeto foi desenvolvido no anexo da Escola Estadual Frei Jaboatão, que fica dentro do Centro de Atendimento Socioedutativo (Case) Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, e aplicado no Case Vitória de Santo Antão, localizado na Zona da Mata do Estado, no programa GEIDH Presente, que leva oficinas para unidades da Funase. A fórmula consiste em água aquecida, vinagre, bicarbonato de sódio e sabão de coco. Em janeiro deste ano, o projeto ganhou destaque e foi mencionado no Twitter da ONU France et Monaco e nas páginas da Revista PEA-Unesco.

Oficinas

Os socioeducandos puderam participar também de oficinas sobre mamulengo, matemática, bijuterias, sexualidade, sustentabilidade, leitura e ainda da ação chamada de "Guarda-chuva amarelo". "O projeto valoriza toda a contribuição que a educação oferece à ressocialização. Ter a participação ativa dos estudantes na elaboração das atividades de recepção e a brilhante atuação nas oficinas indica que estamos no caminho certo", disse a coordenadora da Escola Estadual Professora Amélia Coelho, Zoraide Pereira de Deus e Melo.

Segundo o coordenador geral do Case Vitória, Ricardo Veríssimo, as oficinas agradaram os adolescentes. "O evento foi um sucesso. É algo que renova os adolescentes, as equipes e gera o sentimento de dever cumprido", afirmou.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.
Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM