Jornal do Commercio
Notícia
Patrimônio

Iphan vai premiar ações que valorizam o patrimônio cultural

As inscrições para o Prêmio Rodrigo Melo Franco, promovido pelo Iphan, ficarão abertas até 17 de maio de 2019

Publicado em 29/03/2019, às 19h05

Podem concorrer ao prêmio trabalhos executados em qualquer lugar do Brasil / Iphan/Divulgação
Podem concorrer ao prêmio trabalhos executados em qualquer lugar do Brasil
Iphan/Divulgação
Da Editoria Cidades

Estão abertas até 17 de maio de 2019 as inscrições para a 32ª edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Os interessados em participar devem ter realizado ou estar executando ações voltadas para a preservação do patrimônio cultural brasileiro em qualquer unidade do País.

De acordo com o diretor do Departamento de Cooperação e Fomento do Iphan em Brasília, Marcelo Brito, podem concorrer ao Prêmio Rodrigo Melo Franco entidades governamentais federais, estaduais e municipais (empresas públicas, autarquias, sociedades de economia mista e fundações públicas); empresas e fundações privadas; instituições sem fins lucrativos da sociedade civil organizada; e pessoas físicas.

A premiação, no valor total de R$ 240 mil, contempla ações que resultem na preservação do patrimônio material (restauração de edificações e monumentos, conservação de acervo documental e proteção de sítios arqueológicos, entre outras) e do patrimônio imaterial (salvaguarda de saberes, ofícios e modos de fazer, celebrações, ritos e formas de expressão musicais, cênicas e lúdicas entre outras).



“Teremos oito premiados e cada um vai receber R$ 30 mil”, diz Marcelo Brito. Em Pernambuco, os participantes precisam enviar os trabalhos à sede do Iphan-PE, na Avenida Oliveira Lima, 824, bairro da Soledade, no Centro do Recife. “Uma comissão estadual vai eleger as melhores ações, que serão encaminhadas ao Iphan em Brasília”, informa.

Cada Estado pode apresentar oito propostas à Comissão Nacional de Avaliação, que é coordenada pela presidente do Iphan, Kátia Bogéa. O resultado será publicado até 20 de agosto no site do Iphan (www.iphan.gov.br) e a solenidade de entrega do Prêmio Rodrigo Melo Franco está programada para o mês de outubro, em Porto Alegre (RS).

EDITAL

O edital com os detalhes do concurso está disponível no portal do Iphan. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail premio.prmfa@iphan.gov.br. Fundador do Iphan e diretor da instituição por 30 anos, de 1937 a 1967, Rodrigo Melo Franco de Andrade (1898-1969) era um advogado, jornalista e escritor mineiro.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM