Jornal do Commercio
Notícia
RU FECHADO

Após protestos, Restaurante Universitário da UFPE fecha novamente

Os protestos começaram na terça-feira (23), quando alunos pularam a catraca durante o almoço. Não há previsão para reabertura do restaurante

Publicado em 25/04/2019, às 18h05

Alunos não foram avisados que o Restaurante Universitário estava fechado / Foto: Leo Motta/ JC Imagem
Alunos não foram avisados que o Restaurante Universitário estava fechado
Foto: Leo Motta/ JC Imagem
Cidades

Alunos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) estão, mais uma vez, sem as refeições fornecidas pelo Restaurante Universitário (RU). O local está fechado desde a manhã desta quinta-feira (25) e não tem previsão de reabrir. Segundo a Pró-Reitoria de Assuntos Acadêmico, a interrupção no serviço aconteceu após protestos de estudantes, que teriam intimidado funcionários da empresa Verde Mar, atual responsável por administrar o estabelecimento.

Pela manhã, restaurante não abriu as portas. Almoço e jantar também não foram servidos. À UFPE, a Verde Mar alegou temer por seus funcionários, que teriam sido agredidos psicologicamente na quarta-feira (24), enquanto estudantes pulavam as catracas do RU em forma de protesto contra o novo modelo de funcionamento do estabelecimento. Durante todo o dia, representantes da Universidade e da empresa estiveram reunidos, mas nada foi definido com relação ao serviço.

O estudante de Serviço Social Paulo Garcez faz suas três refeições diárias no RU. De manhã, tomou um susto ao chegar e encontrar o restaurante novamente fechado. “Tinha prova às 8h e tive que fazê-la sem comer nada porque cheguei e dei de cara com tudo fechado. Ninguém foi avisado, a Universidade não falou nada”, conta. Durante os três dias de funcionamento após a reabertura, segundo Paulo, a comida servida deixou a desejar. 

Segundo estudantes, o primeiro protesto aconteceu no almoço da terça-feira, quando alunos pularam as catracas do restaurante e discutiram com um dos representantes da Verde Mar, questionando o suposto uso de papéis higiênicos no lugar de guardanapos. De acordo com Ana Cabral, pró-reitora de assuntos acadêmicos, anteontem uma aluna, que não foi identificada, teria agredido um representante da empresa. No entanto, estudantes negam agressões.



Para Ana Cabral, as reivindicações dos alunos poderiam ter sido levantadas de forma amigável. Agora, a Universidade depende de uma resposta da empresa para reabrir novamente o RU. “Depois desses episódios, os funcionários ficaram empolvorosos e com medo de trabalhar. Alguns pediram até demissão. Conversamos com representantes da Verde Mar sobre mudanças na estrutura de controle e estamos aguardando uma resposta para que possamos reabrir”. A expectativa é que o restaurante volte a funcionar na segunda-feira, porém, a reabertura depende da contratação de novos funcionários.

Um sindicância foi aberta pela Universidade para apurar os fatos. Imagens das câmeras de segurança da Verde Mar e uma cópia do boletim de ocorrência registrado pela empresa na Polícia devem auxiliar na análise do caso.

Isenção

A principal insatisfação dos estudantes é com o novo sistema de funcionamento do RU, onde, desde sua reabertura na última segunda-feira, só podem fazer refeições alunos com benefício da isenção total. Os demais, que tinham isenção parcial e pagavam o valor de R$ 3, só voltarão a fazer as refeições no restaurante quando uma nova unidade, prevista para funcionar a partir do segundo semestre deste ano no antigo prédio da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), for inaugurada.



OFERTAS

Especiais JC

Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.
Mãe Guerreira Mãe Guerreira
Junto com uma criança, nasce sempre uma mãe, que enfrenta inúmeros desafios para educar, acolher e dar o melhor aos filhos. Por isso, todas elas carregam em si a força e a coragem de verdadeiras guerreiras.
JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM