Jornal do Commercio
Notícia
Maus-tratos

Ativistas cobram políticas públicas e protestam contra morte de gatos na Beira Rio

Ato reuniu cerca de cem pessoas e chamou a atenção da população para a crueldade praticada contra animais

Publicado em 27/04/2019, às 17h30

Ato chamou a atenção da população para a crueldade praticada contra os gatos abandonados na Beira Rio / Foto: Sônia Dantas/Cortesia
Ato chamou a atenção da população para a crueldade praticada contra os gatos abandonados na Beira Rio
Foto: Sônia Dantas/Cortesia
Da Editoria de Cidades

Um grupo de ativistas se reuniu, no início da tarde deste sábado (27), na avenida Beira Rio, no bairro da Torre, Zona Oeste do Recife, em mobilização para promover a conscientização contra maus-tratos a gatos abandonados no local. O ato, organizado pelo movimento Vozes em Luto pelo Nordeste, reuniu cerca de cem pessoas e chamou a atenção da população para a crueldade praticada contra animais. Segundo os organizadores do protesto, a morte de 31 gatos foram identificadas nos últimos 10 dias.

Na ocasião, a ativista da causa animal Goretti Queiroz, uma das organizadoras do protesto e vereadora do Recife, cobrou mais políticas públicas de proteção animal, voltadas para o resgate e o cuidado. “Exigimos não apenas a realização de cirurgias de castração. O nosso movimento é maior: queremos que o poder público tome providências em relação à defesa e ao acolhimento dos gatos abandonados. E não é apenas na Beira Rio; vários locais da cidade passam pela mesma situação”, disse Goretti durante a mobilização. Ela ainda aproveitou o momento para pedir que as pessoas não abandonem os animais. “É crime, mas muita gente ignora. Para os gatos que já estão na Beira Rio e em outras localidades, solicitamos que a população se sensibilize para a adoção”, complementou.

Resposta da Prefeitura do Recife

"A Prefeitura do Recife informa que acompanha a situação dos gatos da Avenida Beira Rio e atua para o controle da natalidade. Equipes da Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais (Seda), em parceria com a Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, realizam semanalmente resgate dos animais para castração, como atividade de rotina. A Seda também envia equipes de fiscalização ao local sempre que recebe denúncias de maus tratos. Sobre as mortes dos animais, a Secretaria informa que no caso de crime, a investigação deve ser feita pela Delegacia de Policia do Meio Ambiente - Depoma.



Sobre maus tratos, a Seda disponibiliza canais de denúncia para a população do Recife. Qualquer cidadão que verifique a prática de maus-tratos contra animais na cidade pode realizar a denúncia, seja através da central de denúncias da Seda pelo número 33558371, pela Ouvidoria no endereço de email ouvidoria@recife.pe.gov.br ou gratuitamente por meio do número 0800 281 0040. Desde sua criação, a Secretaria já recebeu mais de 2 mil denúncias de possíveis maus-tratos contra animais.

Sobre a colocação de câmeras de segurança a Secretaria de Segurança Urbana do Recife informa que está estudando a solicitação de instalação dos equipamentos e acrescenta que a Guarda Municipal monitora o bairro da Torre freqüentemente com viaturas."




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM