Jornal do Commercio
ZONA OESTE

Imóvel vizinho ao que desabou em Afogados é demolido

O desabamento aconteceu nessa quarta-feira (22) e a demolição teve início na tarde desta quinta

Publicado em 23/05/2019, às 19h05

A edificação precisou ser demolida após a Defesa Civil atestar a necessidade / Foto: Brenda Alcântara/ JC Imagem
A edificação precisou ser demolida após a Defesa Civil atestar a necessidade
Foto: Brenda Alcântara/ JC Imagem
JC Online

Atualizada às 19h38

O imóvel vizinho a construção que desabou no bairro de Afogados, Zona Oeste do Recife, foi demolido no final da tarde desta quinta-feira (23). A edificação foi demolida após a Defesa Civil atestar a necessidade.

Devido ao desabamento que aconteceu no início da noite dessa quarta-feira (22), a Ponte de Afogados precisou ser interditada. Segundo informou a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), a via foi liberada por volta das 17h50 desta quinta e voltará a ser interditada na manhã desta sexta-feira (24), ainda sem horário definido, para remoção dos entulhos. 

Trânsito

A interdição provocou o deslocamento dos veículos. Os condutores que seguem pela Rua Imperial estão sendo desviados para a Avenida Sul e seguindo por ela até a Rua da Paz. Na manhã desta quinta-feira, o trânsito no local era lento.

Desabamento

O desabamento na construção localizada na Rua Doutor Leônidas Cravo Gama, no bairro de Afogados, Zona Oeste do Recife, aconteceu no final da tarde dessa quarta-feira (22) e provocou a morte de uma mulher. Além da vítima fatal, 12 pessoas - incluindo três crianças - ficaram feridas.



Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas para o resgate. As buscas por mais vítimas foram encerradas pelo Corpo de Bombeiros na manhã desta quinta.

Construção irregular

Com um ferro-velho no térreo, a edificação abrigava cinco apartamentos no primeiro andar, segundo moradores. A empregada doméstica Josélia Félix, 50 anos, que residia no local havia seis meses, não percebeu nenhum sinal preocupante. “A gente não desconfiava. Não tinha nenhuma rachadura, não tinha nada. Não sabíamos que isso ia acontecer. Ninguém sabe o motivo”, disse.

A Prefeitura do Recife informou, por meio de nota, que o imóvel onde aconteceu o desabamento era uma construção irregular. Segundo a prefeitura, a “Diretoria Executiva de Controle Urbano (Dircon) já notificou o imóvel por diversas vezes pela construção em local irregular”.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa América no Brasil Copa América no Brasil
Confira a relação da Copa América com o Brasil, o histórico e detalhes da edição deste ano, na qual a seleção terá que se virar sem Neymar, cortado do torneio. Catar e Japão participam como convidados
O nome dele era Gabriel Diniz O nome dele era Gabriel Diniz
José Gabriel de Souza Diniz, o Gabriel Diniz, ou simplesmente GD como os fãs o chamavam, morreu precocemente, aos 28 anos, em um acidente com um pequeno avião no litoral sul de Sergipe ocorrido na segunda-feira, 27 de maio de 2019.
Conheça o udigrudi pernambucano Conheça o udigrudi pernambucano
O udigrudi pernambucano reuniu um grupo de talentosos jovens músicos que, na primeira metade dos anos 70, gravou discos absolutamente não comerciais, fez rock and roll na terra do frevo, produziu festivais, insistiram na permanência do sonho.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM