Jornal do Commercio
Notícia
TRISTEZA

''Eu não tenho mais nada na minha vida'', conta jovem que perdeu o couro cabeludo em kart

Débora Stefani Dantas de Oliveira, de 19 anos, passou por uma cirurgia nesta terça-feira (13) para ter o couro cabeludo reimplantado

Publicado em 13/08/2019, às 17h35

A jovem se recupera no setor de neurologia do HR / Foto: Cortesia da família
A jovem se recupera no setor de neurologia do HR
Foto: Cortesia da família
JC Online
Com informações da Rádio Jornal

Enquanto seguia para o Hospital da Restauração, na área central do Recife, a jovem de 19 anos que teve o couro cabeludo arrancado em uma pista de kart na Zona Sul da capital disse ao namorado que não tinha ''mais nada'' na vida. Eduardo Tumajan conversou com a reportagem da Rádio Jornal nesta terça-feira (13) e contou, emocionado, o desabafo de Débora Stefani Dantas de Oliveira.

>>Jovem vítima de acidente com kart passa por nova cirurgia

>> Confira dicas de segurança para evitar acidentes com kart

"Ela me olhou nos olhos, toda ensanguentada, e disse: 'amor, eu não tenho mais nada na minha vida. A única coisa que eu tinha era a minha beleza. Você ainda vai me amar?'", relatou o namorado da jovem. Para ele, o que importa é Débora estar bem. Eduardo contou ainda que a namorada é uma pessoa muito humilde e relembrou o dia do acidente. "Ela vive com um salário de R$ 500 por mês, não tem condições de se manter. Eu sempre ajudo ela em tudo que ela precisa", afirmou. "Nós somos leigos. Eles só mandaram a gente colocar uma touca, o capacete e usar luvas". O jovem e a mãe estão na Delegacia de Boa Viagem, também na Zona Sul, para prestar depoimento.

Estado de saúde

De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital da Restauração, o estado de saúde de Débora é considerado estável. Ela passou por uma cirurgia nesta terça para realizar a reconstrução do couro cabeludo, que, segundo o médico responsável pelo procedimento, Jonathan Vidal, foi arrancado 100%.



Relembre o caso

Uma auxiliar de ensino infantil de 19 anos teve o couro cabeludo arrancado durante um acidente em uma pista de kart, no estacionamento do supermercado Walmart, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, no fim da tarde desse domingo (11).
Segundo familiares, Débora Stefanny Dantas Oliveira havia ido ao local pela primeira vez para se divertir com o namorado e usava todos os equipamentos de segurança. O casal havia pagado R$ 100 para dar 22 voltas mas na segunda o cabelo da auxiliar de ensino saiu do capacete e ficou preso ao motor do kart, que estaria sem proteção.

Os familiares da jovem ainda afirmaram que o estabelecimento não prestou socorro à auxiliar de ensino infantil. Após o acidente, o couro cabeludo dela foi colocado em uma sacola e entregue ao namorado da jovem, que a levou para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM