Jornal do Commercio
Notícia
RETIRADA

Moradores do Holiday têm até o dia 19 para remover pertences de depósito

O edifício, localizado em Boa Viagem, foi desocupado por força de decisão judicial

Publicado em 14/08/2019, às 20h45

Mais de três mil pessoas deixaram o prédio / Foto: Leo Motta/ JC Imagem
Mais de três mil pessoas deixaram o prédio
Foto: Leo Motta/ JC Imagem
JC Online

Os moradores do Edifício Holiday, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, têm até a próxima segunda-feira (19) para recuperar os pertences que foram levados para o depósito da Prefeitura do Recife. O prédio foi desocupado por força de decisão judicial devido ao alto risco de incêndio e da estrutura elétrica, além da falta de manutenção estrutural.

De acordo com a Prefeitura do Recife, estão no depósito, devidamente inventariados e catalogados, os bens deixados pelos moradores nos apartamentos e comércios após a desocupação. A Defesa Civil do Recife pede aos interessados na retirada que liguem para os telefones 3355-2115 ou 3355-2101 para agendar o processo.

Segundo a administração municipal, entre os dias 14 de março e 12 de abril, foram realizadas 267 mudanças, 125 pessoas foram atendidas pela Secretaria de Saúde e cinco foram acolhidas no Abrigo Municipal da Travessa do Gusmão, de onde já foram encaminhados para Unidades de Longa Permanência.



Desocupação do Edifício Holiday

A Justiça determinou a interdição do edifício em 13 de março. Por conta da fiação antiga e de ligações clandestinas, o prédio já estava sem fornecimento de energia elétrica desde 6 de março. Com 17 andares e mais de 400 apartamentos, o Holiday foi totalmente desocupado em 23 de março, com a saída das últimas seis famílias que estavam no local. Mais de três mil pessoas deixaram o prédio. Desde então, moradores se reúnem com engenheiros, eletricistas e arquitetos voluntários em busca da finalização do projeto de requalificação da parte elétrica do prédio. 


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Em maio, moradores denunciaram que o prédio estava sendo alvo de invasões e roubos. Apesar de não haver mobília dentro dos apartamentos, disjuntores, fios, janelas de alumínio e peças dos elevadores estariam sendo saqueados. A Guarda Municipal e a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) relataram que são realizadas rondas diárias no entorno.

Palavras-chave




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM