Jornal do Commercio
Notícia
GREVE

Funcionários dos Correios entram em greve por tempo indeterminado

Entre os motivos da greve estão a posição da categoria, que é contra a privatização da estatal

Publicado em 11/09/2019, às 09h45

Em Pernambuco, com a greve, só 30% dos serviços funcionarão, afetando entrega de correspondências e mercadorias / Foto: Tião Siqueira/JC Imagem
Em Pernambuco, com a greve, só 30% dos serviços funcionarão, afetando entrega de correspondências e mercadorias
Foto: Tião Siqueira/JC Imagem
JC Online

Os funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, os Correios, em Pernambuco, decidiram, em uma assembleia, realizada na noite dessa terça-feira (10), aderir à greve nacional de servidores da estatal por tempo indeterminado.

Segundo a categoria, a greve quer impedir a redução dos salários e de benefícios, além de ser contra a privatização dos Correios, proposta defendida pelo Governo Federal, que incluiu a empresa no Programa Nacional de Desestatização em agosto.

Em Pernambuco, com a greve, apenas 30% dos serviços funcionarão, afetando assim a entrega de correspondências e mercadorias. Ao todo, funcionários de 200 agências dos Correios no Estado cruzaram os braços desde as 22h desta terça (10). Nesta quarta-feira (11), às 14h, para avaliar a mobilização, ao lado da sede dos Correios em Pernambuco, na Avenida Guararapes, área central do Recife.

Por meio de nota, em sua página na internet, nota a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect) diz que a greve acontece para defender direitos, salários e empregos.

"A decisão foi uma exigência para defender os direitos conquistados em anos de lutas, os salários, os empregos, a estatal pública e o sustento da família", afirma a nota.



A Findect disse ainda que a greve foi decretada em São Paulo, Rio de Janeiro, Tocantins, Maranhão e na maioria dos estados do Brasil.

O que dizem os Correios

Também por nota, os Correios afirmaram que participaram de mesas de negociação com os trabalhadores, mas que não houve consenso entre a diretoria da estatal e os sindicatos. Leia a íntegra da nota:

"Os Correios participaram de dez encontros na mesa de negociação com os representantes dos trabalhadores, quando foi apresentada a real situação econômica da estatal e propostas para o Acordo dentro das condições possíveis, considerando o prejuízo acumulado na ordem de R$ 3 bilhões. Mas as federações, no entanto, expuseram propostas que superam até mesmo o faturamento anual da empresa, algo insustentável para o projeto de reequilíbrio financeiro em curso pela empresa.

No momento, o principal compromisso da direção dos Correios é conferir à sociedade uma empresa sustentável. Por isso, a estatal conta com os empregados no trabalho de recuperação financeira da empresa e no atendimento à população."

Atualmente, os Correios possuem cerca de 11 mil pontos de atendimento em todo o país e é a única empresa pública presente em mais de 5.500 municípios brasileiros.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM