Jornal do Commercio
Resiliência

De biquíni, menina do acidente de kart posta mensagem contra pensamento negativo

Débora Dantas voltou às redes sociais nesta sexta para postar mais uma mensagem inspiradora

Publicado em 15/11/2019, às 21h54

Na postagem, Débora mostra parte das cicatrizes no corpo, resultantes dos procedimentos cirúrgicos que teve que passar / Foto: @llluaa via Instagram
Na postagem, Débora mostra parte das cicatrizes no corpo, resultantes dos procedimentos cirúrgicos que teve que passar
Foto: @llluaa via Instagram
JC Online

A auxiliar de ensino infantil Débora Dantas, 19 anos, que perdeu o couro cabeludo em um grave acidente de kart no Recife, em agosto deste ano, voltou às redes sociais nesta sexta-feira (15) para postar mais uma mensagem inspiradora de otimismo. De biquíni, segurando uma canga ao vento, na orla de uma praia não identificada na postagem do Instagram, Débora desta vez mandou um recado contra pensamento negativo e julgamento alheio.

"Ser feliz também é ser livre pois todo pensamento ruim é uma prisão para quem você realmente é. Liberte-se da ignorância alheia, a pessoa que machuca a outra por suas diferenças é quem precisa de ajuda. Seja você mesmo, seja feliz. Boa noite ????", escreveu a jovem junto com uma fotografia, creditada como sendo do namorado Eduardo Tumajan, que mostra parte das cicatrizes no corpo, resultantes dos procedimentos cirúrgicos que teve que passar.

Em outras ocasiões, desde que sofreu o acidente, Débora também usou as redes sociais para demonstrar resiliência e força de vontade, inspirando seus seguidores, que não param de aumentar em quantidade. Até a noite desta sexta, já somavam mais de 138 mil. Grande parte deles curte e comenta as postagens da garota, que vão desde simples bom dia até publicações de superação, como esta exibindo a sombra da própria careca, voltada para os que sofrem com perda dos cabelos.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Débora E. Dantas (@llluaa) em

Após passar dois meses em Ribeirão Preto, São Paulo, onde foi submetida a diversos procedimentos médicos, Débora voltou ao Recife na madrugada de 29 de outubro. Ela foi recebida pelos familiares e por pessoas que, mesmo sem proximidade com ela, acompanharam seu processo de recuperação.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Sempre sorridente, Débora costuma fazer muitas publicações em seu perfil no Instagram. Em um dos posts, no dia 1º de novembro, ela aparece usando uma peruca loira e ao lado dos seus três gatos. Na postagem, a jovem agradece aos pets, e afirma: "poder acariciar vocês e ver de perto suas doces brincadeiras novamente é gratificante".

Relembre o caso

O acidente que escalpelou Débora, no dia 11 de agosto de 2019, ocorreu na pista de kart Adrenalina, que funcionava há um mês no supermercado Walmart de Boa Viagem. O local foi interditado e não retomou as atividades.

Débora e o companheiro pagaram R$ 50, cada, por 22 voltas. A tragédia aconteceu quando ela estava na segunda volta. De acordo com relatos ao Procon, funcionários teriam ficado desesperados na hora e não teriam prestado socorro à vítima. Após 30 minutos de espera por atendimento, ela foi levada pelo namorado ao Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central do Recife.

“Ela não teve nenhum tipo de assistência, eles foram totalmente omissos. Não havia bombeiro civil, militar ou alguém que pudesse fazer esse acolhimento. Também não havia viatura para levá-la a um hospital”, denunciou Douglas Nascimento, tio de Débora, em entrevista à TV Jornal.

À TV Jornal, um funcionário da pista, que não quis ser identificado, disse que o cabelo de Débora se soltou repentinamente. Ele garantiu que seus colegas prestaram socorro e acusou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de demora.
De acordo com a Secretaria de Saúde do Recife, o pedido foi feito às 17h05. Às 17h07 a ambulância foi acionada e às 17h27, quando o Samu já estava à caminho, foi informado de que a vítima havia sido levada em um veículo particular.

O empresário Wanderlei Dreyer, pai do dono do Adrenalina classificou o episódio como “fatalidade”. “Foi um acidente. É o primeiro caso desde que atuamos na área, há 20 anos”, alegou. A família, disse, já planejava fechar o empreendimento porque não estaria dando o lucro esperado. 

No Recife, Débora passou por cirurgia para reimplantação do tecido do couro cabelo. No entanto, o corpo da jovem rejeitou e ela precisou ser transferida para o Hospital Especializado de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo. Na unidade de saúde, ela passou por diversos procedimentos. Ela recebeu alta médica no dia 12 de outubro, mas voltará à Ribeirão Preto. A etapa de recuperação estética do tratamento está prevista para o mês de janeiro de 2020.

No dia 30 de outubro deste ano, de volta ao Recife, Débora prestou depoimento à polícia sobre o acidente.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Reencontros Reencontros
A menina que salvou os livros numa enchente, o garoto que venceu a raiva humana, o médico que superou a pobreza, os albinos de Olinda e o goleiro de uma só perna foram personagens do projeto Reencontros, publicado em todas as plataformas do SJCC
Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM