Jornal do Commercio
Decisão

Justiça nega recurso e aumento das passagens continua suspenso

A reunião do CSTM acontece nesta sexta-feira (25) e iria discutir, entre outros pontos, o aumento das passagens

Publicado em 25/01/2019, às 09h43

Em decisão, o desembargador Waldemir Tavares Filho negou o recurso apresentado pelo Governo do Estado / Foto: JC Imagem
Em decisão, o desembargador Waldemir Tavares Filho negou o recurso apresentado pelo Governo do Estado
Foto: JC Imagem
JC Online

O aumento das passagens de ônibus no Grande Recife continua suspenso. Em decisão, o desembargador Waldemir Tavares Filho negou o recurso apresentado pelo Governo do Estado, referente à reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), realizada nesta sexta-feira (25) na sede da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação, no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife. O encontro foi convocado para discutir, entre outros pontos, o reajuste nas passagens de ônibus.

Na tarde dessa quinta, o juiz Teodomiro Noronha, da 2ª Vara da Fazenda Pública da Capital, acolheu o mandado de segurança, impetrado pela Frente de Luta pelo Transporte Público, e determinou que o Estado não poderia discutir e nem aprovar qualquer reajuste das tarifas de ônibus no Grande Recife. De acordo com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o Estado havia entrado com um recurso ainda na quinta.

Aumento das passagens

Enquanto o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) defende um aumento de 16,18%, o Grande Recife Consórcio de Transporte sugere um reajuste de 7,07% no valor da passagem, em que o Anel A passaria dos atuais R$ 3,20 para R$ 3,45; o B, de R$ 4,40 para R$ 4,70; e o G, de R$ 2,10 para R$ 2,25. Já o Anel D, cuja tarifa é R$ 3,45, deixará de existir e as quatro linhas que o compõem passarão a ter como tarifa o Anel A.



A Frente de Luta pelo Transporte Público, por sua vez, sustenta que a proposta do Urbana-PE é acima do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial, que foi acumulado em 3,75% entre dezembro de 2017 e do ano passado, e está projetada em 4,01% em 2019.

Protesto

Integrantes da Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco e da Articulação Recife pelo Transporte realizaram, nessa quinta-feira (24), um protesto contra o aumento das passagens de ônibus na Região Metropolitana do Recife (RMR). O ato aconteceu na Avenida Guararapes, no Centro do Recife, próximo aos Correios. Os manifestantes também realizaram uma passeata, em direção ao Palácio do Campo das Princesas, na área Central do Recife.





Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC 100 anos JC 100 anos
Para marcar os 100 anos de fundação, o JC publica este especial com um panorama do que se passou neste período em que o jornal retratou o mundo, com projeções de especialistas sobre o que vem por aí e com os bastidores da Redação do Jornal do Commercio
Sozinha nasce uma mãe Sozinha nasce uma mãe
Uma palavra se repete na vida dela: sozinha. Porque estava sozinha na gravidez. Sozinha na hora do parto. Sozinha nas primeiras noites de choro. Sozinha nos primeiros passos. Sozinha no registro civil. O JC conta histórias de luta das mães sozinhas
Segunda chance - Caminhos para ressocializar Segunda chance - Caminhos para ressocializar
Eles saem das prisões, mas as prisões não saem deles. Perseguem-nos até o final de suas vidas. Como uma condenação perpétua. Pena. Eles lamentam. Mas precisam seguir. E neste difícil caminho da ressocialização, o trabalho é uma espécie de absolvição.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM