Jornal do Commercio
Ônibus

Reunião que definiria aumento das passagens no Grande Recife é cancelada

A reunião foi cancelada e será marcada em momento oportuno

Publicado em 12/02/2019, às 08h13

Reunião definia um possível aumento das passagens para os coletivos da RMR / Marcelo Aprígio/JC
Reunião definia um possível aumento das passagens para os coletivos da RMR
Marcelo Aprígio/JC
JC Online

A reunião do Conselho Superior Metropolitano de Transporte (CSTM), que aconteceria nesta terça-feira (12), às 9h, e definiria um possível aumento no valor das passagens de ônibus na Região Metropolitana do Recife (RMR), foi cancelada. Por meio de nota, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação(Seduh) alegou que o cancelamento foi em respeito à decisão judicial que suspende a eficácia de uma eventual deliberação sobre a revisão das tarifas.

Uma das pautas da reunião era o reajuste de 7,07%, que passaria o Anel A de R$ 3,20 para R$ 3,45, proposto pelo Governo do Estado. Porém, com a decisão de suspender um possível aumento por dez dias, do Juiz Djalma Andrelino, da 4ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital, a reunião foi suspensa. Segundo a Seduh, “a reunião será marcada em momento oportuno”.

Além da proposta do Governo do Estado, o Sindicado das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) pretendia sugerir um reajuste de 16,18% nos valores das passagens. No reajuste proposto pela Urbana-PE, a tarifa do Anel A passaria a custar R$ 3,70 e a do Anel B, R$ 5,10. 



Liminar

A liminar solicita a redução das tarifas do Anel A de R$ 3,20 para R$ 2,70 e denuncia os aumentos dos anos de 2017, 2016 e 2015, que foram acima do índice do IPCA (índice que mede a inflação). Além disso, a liminar alega falta de documentos que comprovem o desiquilíbrio econômico-financeiro do Sistema de transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife (STPP/RMR).

Protestos

Grupos e pessoas da sociedade civil realizaram um protesto contra o aumento das passagens de ônibus, nessa segunda-feira (11). Como ocorreu em ocasiões anteriores, os manifestantes se reuniram na Avenida Guararapes, em frente à Sede dos Correios. Por vola das 12h, os protestantes interromperam o trânsito. O protesto durou cerca de duas horas.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM