Jornal do Commercio
Denúncia

Vídeo mostra carros e motos invadindo ciclovia que liga Recife a Olinda

A multa para os condutores que trafegam em ciclovia é considerada gravíssima, no valor de R$ 880,41

Publicado em 13/03/2019, às 10h48

O flagra foi feito nessa terça-feira, próximo ao Classic Hall / Foto: Reprodução
O flagra foi feito nessa terça-feira, próximo ao Classic Hall
Foto: Reprodução
JC Online

Um ciclista registrou um flagra de desrespeito à ciclovia na manhã dessa terça-feira (12), ocorrido no equipamento que fica na Avenida Agamenon Magalhães, próximo à antiga Fábrica Tacaruna, no bairro de Campo Grande, Zona Norte do Recife. No vídeo, é possível ver diversos motociclistas e condutores de veículos trafegando pela ciclovia. As imagens foram feitas pelo designer gráfico Tiago Pereira, de 37 anos, que utiliza o equipamento todos os dias no percurso entre Recife e Olinda.

Segundo ele, as cenas de desrespeito são comuns, principalmente quando o trânsito na Avenida Agamenon Magalhães está intenso. "Eu uso a ciclovia para vir para casa, quando deixo minha esposa no trabalho. Aquilo acontece quando a Agamenon está completamente parada. Não é todo dia, mas basta estar com trânsito muito pesado que os carros invadem. Foi a primeira vez que eu filmei, mas não foi a primeira vez que eu vi", declara o ciclista.

Ele conta que, em muitas ocasiões, se deparou com motos que trafegavam na contramão da ciclovia, em alta velocidade, para fugir do trânsito. "Eu acho um absurdo. Gostaria de tivesse mais fiscalização. Aquela área é totalmente esquecida. Hoje passei lá e tinha fiscalização, mas se eles estivessem lá pelo menos duas vezes na semana, o pessoal já ia ficar com medo de fazer isso", comenta o designer.

É importante lembrar que é multa gravíssima para quem "transitar com veículo em calçada, passeios, passarelas, ciclovias, ciclofaixas, ilhas, refúgios, ajardinamentos, canteiros centrais e divisores de pista de rolamento, acostamentos, marcas de canalização, gramados e jardins públicos". O condutor que for flagrado pode ser penalizado com 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e terá que pagar multa no valor de R$ 880,41 (multa gravíssima x3).



Além de transitar, estacionar o veículo em ciclovia também gera multa, neste caso, grave. O condutor poderá ser penalizado com 5 pontos na CNH, terá que pagar o valor de R$ 195,23 e poderá ter o veículo removido. A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) esclareceu que a ciclovia mostrada no flagra pertence ao município de Olinda, mas que, os usuários que identificarem a infração em ciclovias do Recife podem fazer denúncia através do telefone 0800.081.1078. Confira a íntegra da nota:

A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) informa que, com o intuito de garantir o respeito às rotas cicláveis existentes no município, realiza rondas de fiscalização de trânsito diariamente para coibir ou identificar irregularidades. Além das rondas, a CTTU também atende as ocorrências registradas na central de teleatendimento. O cidadão que identificar a infração de trânsito pode acionar a CTTU através do 0800.081.1078, que funciona 24h, para que agentes sejam deslocados para o local. Os condutores que insistirem no descumprimento da sinalização de trânsito em relação à rotas cicláveis podem ser notificados. As multas podem ser grave, em caso de estacionamento irregular na ciclofaixa, no o valor de R$ 195,23 e 5 pontos na CNH; ou gravíssima vezes três, se transitar na ciclofaixa, no valor de R$ 880,41 e 7 pontos na CNH.

Falha no semáforo gerou engarrafamento

A presidente da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), Taciana Ferreira, atribuiu a um problema pontual na rede semafórica na Avenida Agamenon Magalhães o grande congestionamento que os condutores enfrentaram na via na última segunda e terça-feira. Em debate sobre mobilidade na Rádio Jornal, a presidente declarou que o problema foi identificado no semáforo de número 075, localizado no cruzamento da Agamenon Magalhães com a Avenida Rui Barbosa, no bairro das Graças, na Zona Norte do Recife.

"Identificamos um problema intermitente nesse semáforo, que surgiu na segunda e se repetiu nesta terça-feira. Ainda não conseguimos descobrir o que é, mas estamos trabalhando para corrigi-lo porque está prejudicando toda a rede da região, impactando em outros semáforos", explicou Taciana, em matéria publicada pelo blog Move Cidade.





Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM