Jornal do Commercio
Notícia
Novidade

Após obras, Rua do Príncipe ganha novo ponto de ônibus no Recife

Novo equipamento ficará nas imediações da Universidade Católica de Pernambuco

Publicado em 09/10/2019, às 14h52

23 linhas de ônibus eram atendidas por uma única parada / Foto: Diego Nigro/ Acervo JC Imagem
23 linhas de ônibus eram atendidas por uma única parada
Foto: Diego Nigro/ Acervo JC Imagem
JC Online

Pedestres e usuários de ônibus que transitam pela Rua do Príncipe, no Bairro da Soledade, no centro do Recife, passam a contar com um novo calçamento e uma nova parada de ônibus, a partir desta quinta-feira (10). As melhorias ocorreram no trecho em frente à Universidade Católica de Pernambuco. Com a criação de mais uma parada, as 23 linhas, que eram atendidas por um único ponto, serão divididas em dois grupos.

Confira como fica com a mudança:

parada nº 180128 devem parar as seguintes linhas:

 513 – Córrego da Areia

514 – Nova Descoberta (Córrego do Joaquim)

522 – Dois Irmãos (Rui Barbosa e Príncipe)

621 – Alto Treze de Maio (Príncipe)

623 – Vasco da Gama (João de Barros)

642 – Guabiraba (Córrego do Jenipapo)

712 – Alto Santa Terezinha

713 – Bomba do Hemetério

723 – Cajueiro

724 – Chão de Estrelas

731 – Beberibe (Espinheiro)

741 – Dois Unidos

743 – Alto José Bonifácio (João de Barros)

746 – Alto do Capitão

Já na parada nº 180463 devem parar as seguintes linhas:

039 – Setúbal (Príncipe)

116 – Circular (Príncipe)

122 – Vila do Ipsep

168 – TI Tancredo Neves (Conde da Boa Vista)

821 – Jardim Brasil I (Estrada de Belém)

823 – Jardim Brasil II (Estrada de Belém)

860 – TI Xambá (Príncipe)

1972 – Bultrins

1987 – Rio Doce (Príncipe)




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM