Jornal do Commercio
Notícia
Transporte

Lei que prevê mais ônibus com ar-condicionado no Grande Recife é sancionada

A nova lei versa sobre a renovação dos coletivos da RMR, entre os anos de 2020 e 2023

Publicado em 27/12/2019, às 09h18

No mínimo 70% dos novos veículos devem possuir ar-condicionado / Foto: Guga Matos/Acervo JC Imagem
No mínimo 70% dos novos veículos devem possuir ar-condicionado
Foto: Guga Matos/Acervo JC Imagem
JC Online

O governador Paulo Câmara sancionou, nessa quinta-feira (26), a lei 16.787, que prevê investimentos na frota de ônibus que compõe o Sistema Estrutural Integrado (SEI). O texto foi publicado no Diário Oficial de Pernambuco desta sexta-feira (27). A nova lei versa sobre a renovação dos coletivos da Região Metropolitana do Recife (RMR), entre os anos de 2020 e 2023, e prevê que os ônibus que ultrapassarem oito anos devam ser substituídos. No mínimo 70% dos novos veículos renovados a cada ano devem ser equipados com ar-condicionado e possuírem capacidade igual ou superior ao anterior.

Leia mais >> Grande Recife terá 346 ônibus novos e com ar-condicionado em 2020

No caso dos ônibus articulados, a vida útil será de dez anos. O projeto de lei foi enviado pelo Executivo e aprovado na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) após consulta pública, realizada entre setembro e outubro deste ano. Durante a consulta, a população foi questionada se estaria disposta a pagar um valor entre R$ 0,03 e R$ 0,05 por ano a mais para ter uma frota equipada com ar-condicionado. A lei também contempla que os novos veículos devem ser alocados nos corredores troncais (radiais, perimetrais e interterminais) e linhas circulares.

Implementação depende do CSTM

Aproximadamente 75% da frota do Grande Recife é gerida em regime de permissão. Cabe ao Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), definir como serão implementados os investimentos. O CSTM é formado por membros do Governo do Estado, dos municípios e da sociedade civil. De acordo com o Governo, em 2018, 11,25% dos ônibus em circulação possuíam ar-condicionado (304 de 2.703). Este ano, em novembro, o percentual era de 16,36% (441 de 2.696).



Climatização pode encarecer passagem

O maior conforto nos ônibus do Grande Recife, com parte da frota rodando com ar-condicionado em 2020, não será de graça. Já pesará no bolso dos passageiros antes mesmo de os novos ônibus climatizados começarem a rodar nas ruas. Representará um acréscimo de cinco centavos no próximo reajuste de tarifa, que deverá ser discutido em janeiro, mês escolhido desde a primeira gestão do PSB em Pernambuco.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano de Pernambuco, Marcelo Bruto, a estratégia do governo para convencer o setor empresarial a fazer o investimento nos novos veículos foi antecipar o recurso. Por outro lado, a nova legislação prevê gatilhos punitivos para o caso de as empresas não cumprirem o cronograma previsto de renovação. A climatização dos ônibus também foi alvo de um projeto de lei sancionado no Recife e de um decreto publicado pela Prefeitura de Olinda




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Irmã Dulce e as lições que se multiplicam Irmã Dulce e as lições que se multiplicam
A Santa Dulce dos Pobres deixou um legado enorme por todo o país, e não poderia ser diferente em Pernambuco. Veja exemplos de quem segue o "anjo bom da Bahia"
Jackson era grande demais para um pandeiro Jackson era grande demais para um pandeiro
Em pouco tempo, Jackson do Pandeiro deixou claro que não se tratava apenas de uma voz a mais no cenário artístico pernambucano. Confira especial sobre o artista
Especial Novo Clima Especial Novo Clima
O inverno não é mais o mesmo. E nem o verão. Os efeitos da crise climática alteraram a rotina de milhares de cidadãos das grandes cidades. O JC traz reportagens especiais desvendando o "novo clima"

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2020 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM