Jornal do Commercio
denúncia

MPPE emite nota comentando investigação da morte do promotor em Itaíba

Com conclusão igual à do MPF, órgão afirma sua capacidade elucidativa

Publicado em 16/01/2015, às 22h46

Do JC Online

Após a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) à Justiça Federal na quinta-feira (15) contra os seis réus envolvidos na execução do promotor de Justiça Thiago Faria Soares, de 36 anos, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) divulgou uma nota comentando o caso. O órgão acompanhava o caso antes da federalização das investigações, que acabaram chegando às mesmas conclusões apontadas pelas instituições estaduais.

Na nota, o MPPE ressalta sua capacidade de elucidação do crime. “A conclusão do inquérito conduzido pela Polícia Federal e Ministério Público Federal atesta a capacidade investigatória do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e da Polícia Civil, cuja linha de investigação foi seguida pela Polícia Federal e MPF”, argumentou o procurador-geral de Justiça Carlos Guerra de Holanda.



Na denúncia, o MPF coloca como réus pelo homicídio do promotor e tentativa de homicídio contra Mysheva Martins, e o tio dela, Adauto Martins, cinco envolvidos: José Maria Pedro Rosendo Barbosa, José Maria Domingos Cavalcante, Antonio Cavalcante Filho, Adeildo Ferreira dos Santos e José Marisvaldo Vitor da Silva. O sexto réu, Genessy Carneiro, responderá pelo crime de favorecimento pessoal.

O promotor foi morto com tiros de espingarda calibre 12 no dia 14 de outubro de 2013, na PE-300, em Itaíba, Agreste de Pernambuco. A vítima conduzia o carro e levava a noiva, Misheva Martins, e o tio dela, Adauto Martins, que sobreviveram. Durante as investigações, surgiram diversos questionamentos contra a atuação da Polícia Civil do Estado e do MPPE, que resultaram na federalização do caso.




Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

OFERTAS

Especiais JC

Especial Nova Rotação Especial Nova Rotação
As cidades estão entrando em colapso. Refletem o resultado da mobilidade urbana convencional, um mal incorporado à sociedade e de difícil enfrentamento.Mas o momento de inverter essa lógica é agora. Criar uma nova rotação para as cidades, para as pessoas
JC Recall de Marcas 2019 JC Recall de Marcas 2019
Pitú e Vitarella são as marcas mais lembradas pelo consumidor pernambucano, de acordo com a edição 2019 do Prêmio JC Recall de Marcas. O ranking foi feito a partir de levantamento do Harrop Pesquisa para o Jornal do Commercio.
Especial Tempo de Férias Especial Tempo de Férias
O tempo das férias finalmente chegou e com ele os vários planos sobre o que fazer no período livre. O JC traz algumas dicas de como otimizar o período para voltar renovado do merecido descanso.

    SIGA-NOS

    LICENCIAMENTO

  • Para solicitação de licenciamento, contactar editores@ne10.com.br

Jornal do Commercio 2019 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE |

PRIVACIDADE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM