Jornal do Commercio
Solidariedade

Bazar beneficente oferece peças carnavalescas a partir de R$ 3 em Olinda

Toda a renda arrecadada com o bazar será revertida para o Centro de Assistência Cultural e Social do bairro de São Benedito, em Olinda

Publicado em 11/01/2018, às 13h37

Mais de 5 mil peças estão a venda no bazar / Bobby Fabisak/JC Imagem
Mais de 5 mil peças estão a venda no bazar
Bobby Fabisak/JC Imagem
Da Editoria de Cidades

Um bazar beneficente montado no bairro de São Benedito, em Olinda, oferece, até este domingo (14), mais de 5 mil fantasias e adereços carnavalescos estão a venda com valores entre 3 a 35 reais. Toda a renda arrecadada será revertida para o bloco Frevolindo, do Centro de Assistência Cultural e Social do local, que existe há 25 anos e atende cerca de 160 crianças a partir dos 2 anos, proporcionando aulas de música, dança, teatro e artes circenses.

De acordo com Alexandre Spein, produtor cultural e responsável pela iniciativa junto com o também produtor Matheus Ramos, todas as peças que estão a venda foram produzidas pelas crianças e pelos voluntários da ONG. “Durante o ano, nós realizamos apresentações culturais nas escolas da cidade e o figurino que utilizamos é todo vendido para que a gente possa adquirir novos, contratar uma orquestra e dar lanches para os meninos no dia do bloco”, explica. O desfile do bloco, que existe há 15 anos, acontece no dia 28 de janeiro pelas ruas do bairro de São Benedito.



Fantasias para crianças e adultos

A professora Janaína Santos, 30 anos, é moradora da região e foi conferir o bazar e adquirir as fantasias para ela e para os filhos, Gustavo e Maria, de 10 e 2 anos e 7 meses. “Sempre ouvi falar muito bem do bazar, mas nunca tinha conseguido vir, pois estava trabalhando. Esse ano, deu para vir e estou gostando muito”, afirmou. O bazar fica localizado na Rua Bom Jesus do Monte, 198, no bairro de São Benedito. Para mais informações sobre como ajudar a instituição, ligar para o número (81)98536-7241 e procurar Alexandre.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

BRT: E agora? BRT: E agora?
Ele está ferido, sofrido. Esquecido. E sem perspectivas de melhoria. Tem sobrevivido como é possível e, apenas pontualmente, esboça reações positivas. O sistema BRT, Bus Rapid Transit, tem sofrido de inanição em todo o País. E poderá se perder.
Especial educação Especial educação
E se você descobrisse que o futuro ligado às tendências que irão norteá-lo já chegou? O mundo hoje é um mar de oportunidades, para conhecimento, informação e inovação. Cada vez mais o profissional precisa evoluir. Por isso veja o caminho a seguir
A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza A revolução da ciclomobilidade: o exemplo de Fortaleza
A capital cearense, diferentemente da pernambucana – embora nordestina também – deu um salto na infraestrutura viária voltada para as bicicletas. A cidade está repleta de ciclofaixas. Por toda parte. E a grande maioria conectada

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM